Notícias

Desafogar o trânsito de Olinda está entre as metas da Prefeitura para 2014

O assunto foi extensamente debatido durante reunião de monitoramento do prefeito Renildo Calheiros com o secretário de Transportes e Trânsito da cidade, Oswaldo Lima Neto

Publicado por: adminolinda, em: 22/01/14 às 15:58
Identificar vias alternativas para entrar e sair de Olinda, além de ampliar a sinalização vertical, horizontal e semafórica está entre as metas do órgão. Foto: Daniel Vilarouca/Pref.Olinda

Identificar vias alternativas para entrar e sair de Olinda, além de ampliar a sinalização vertical, horizontal e semafórica está entre as metas do órgão. Foto: Daniel Vilarouca/Pref.Olinda

Dentro de sua agenda semanal de visitas às secretarias municipais, o prefeito Renildo Calheiros esteve, nesta terça-feira (21), com o secretário de Transportes e Trânsito da cidade, Oswaldo Lima Neto. No encontro, foram apresentados dados da atuação da pasta em 2013 e os planos para este novo ano. Identificar vias alternativas para entrar e sair de Olinda, além de ampliar a sinalização vertical, horizontal e semafórica está entre as metas do órgão.

Numa apresentação conjunta, Oswaldo Lima Neto e Regilma Souza (secretária executiva) falaram sobre o aumento no número de agentes de trânsito e a adesão à Onda Verde, por exemplo. “Com este projeto, nós pudemos sincronizar os semáforos dos principais corredores para evitar engarrafamentos”, comentou o secretário. Segundo ele, com mais agentes de trânsito nas ruas foi possível também diminuir o número de acidentes entre veículos ou mesmo com pedestres.

Porém, as poucas rotas para entrar e sair de Olinda ainda são alvo de constantes críticas da população. Sobre isso, Oswaldo Lima Neto lembrou a construção da Via Metropolitana Norte. A obra, que já está em execução, vai ligar Olinda aos municípios de Recife e Paulista através de pistas que margeiam o Canal dos Bultrins, desembocam na PE-15, onde um viaduto passará por cima do terminal de passageiros até a II Perimetral Norte, que será duplicada. “Neste projeto, estamos priorizando também a implantação de ciclovias”, argumentou o secretário.

O prefeito Renildo Calheiros, o governador Eduardo Campos e o então ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, duranta a assinatura da ordem de serviço da Via Metropolitana Norte. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

O prefeito Renildo Calheiros, o governador Eduardo Campos e o então ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, duranta a assinatura da ordem de serviço da Via Metropolitana Norte. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Para o prefeito Renildo Calheiros, a Via Metropolitana Norte ajudará a desafogar o trânsito das avenidas Carlos de Lima Cavalcanti e Getúlio Vargas. “Outra alternativa será a nova avenida à beira mar, do bairro de Rio Doce até a Ponte do Janga”, acrescentou o gestor.

Os recursos para a sinalização destes e dos principais corredores viários de Olinda já estão garantidos, os projetos executivos estão prontos e os serviços começarão de imediato. As ruas de Jardim Atlântico que foram recentemente pavimentadas serão as primeiras a receber placas e pintura de faixas. “Algumas vezes, esse serviço demora a sair do papel porque o cara que faz a obra tende a implantar a sinalização no fim do serviço. Mas, a gente tem que seguir outra lógica que é a necessidade da população. Se essa necessidade é latente, faremos o serviço imediatamente”, afirmou Renildo Calheiros.

%d blogueiros gostam disto: