Notícias

Dia Mundial da Alimentação

A Secretaria de Saúde de Olinda faz evento na orla marítima de Bairro Novo para lembrar a população dos cuidados com a saúde e o bem-estar físico. Serão realizadas atividade física, orientação e avaliação nutricional. É nesta sexta-feira (16), das 7h às 9h.

Publicado por: adminolinda, em: 14/10/09 às 14:30

Arte: Diego de Luna

Arte: Diego de Luna/www.heroturko.us

Nesta sexta-feira (16/10) é comemorado o Dia Mundial da Alimentação. Dia de cuidar do que ingerimos, do que queremos para nossa saúde e bem-estar físico. Pensando nisso, a Prefeitura de Olinda, através da Coordenação de Alimentação e Nutrição, realiza ação para conscientizar a população. O evento acontece das 7h às 9h, na orla marítima de Bairro Novo (em frente ao antigo quartel da PE).

A Secretaria de Saúde de Olinda irá disponibilizar uma equipe de educadores físicos do projeto “Se Bole Olinda”, que fará atividade física, panfletagem e testes com a população para verificar o risco de Síndrome Metabólica. Serão realizados os serviços de medição da circunferência da cintura, avaliação e orientação nutricional, medição, pesagem, aferição de pressão arterial e glicemia e avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC).

A Promoção da Alimentação Saudável (PAS) é uma das linhas de trabalho da Coordenação de Alimentação e Nutrição da Secretaria de Saúde de Olinda. O objetivo é desenvolver ações e abordagens para a promoção de práticas alimentares e estilos de vida saudáveis e a prevenção de doenças relacionadas à alimentação e nutrição, tais como anemia, hipovitaminose A, distúrbios nutricionais (desnutrição, obesidade, diabetes, hipertensão, câncer).

As ações da área têm como enfoque prioritário o resgate de hábitos e práticas alimentares regionais que valorizem a produção e o consumo de alimentos locais de baixo custo e elevado valor nutritivo, bem como padrões alimentares mais variados, desde os primeiros anos de vida até a idade adulta e velhice.

O que é Síndrome Metabólica? É caracterizada pela associação de fatores de risco para as doenças cardiovasculares (ataques cardíacos e derrames cerebrais), vasculares periféricas e diabetes. Ela tem como base a resistência à ação da insulina, o que obriga o pâncreas a produzir mais esse hormônio. Síndrome metabólica é uma doença da civilização moderna, associada à obesidade, como resultado da alimentação inadequada e do sedentarismo. Os fatores de risco para o desenvolvimento da Síndrome Metabólica são o sobrepeso (IMC ≥ 25 Kg/m2 ou cintura > 102 cm em homens e > 88cm em mulheres); hábitos de vida sedentários; glicemia de jejum ≥100mg/dl; história pessoal de diabetes gestacional; diagnóstico de hipertensão arterial, doença cardiovascular; história familiar de diabetes tipo 2, hipertensão arterial ou doença cardiovascular e síndrome dos ovários policísticos.

%d blogueiros gostam disto: