Notícias

Educação investe em formas alternativas de letramento

Alunos da rede estão recebendo revistas em quadrinhos da turma da Mônica para auxiliar nas oficinas de leitura e escrita

Publicado por: Secom, em: 30/03/11 às 14:00

Foto: Ana Paula Gomeze

A Secretaria de Educação está distribuindo revistas da turma da Mônica para todos os alunos da rede matriculados no ensino fundamental I e II e na Educação de Jovens e Adultos. Os quadrinhos vão auxiliar no trabalho dos professores durante as oficinas de letramento desenvolvidas nas escolas. A iniciativa reforça o Programa da Secretaria, que visa o incentivo da leitura entre professores e alunos. Serão distribuídos cerca de 16 mil exemplares.

A ação tem como base a conclusão de trabalhos de pesquisa e teses de mestrado que comprovam o potencial educacional dos gibis. “Antes vistas como subliteratura, as histórias em quadrinhos podem ser um importante instrumento na divulgação científica e no ensino de ciências em salas de aula”.  A conclusão é da bióloga Claúdia Kamel, do Departamento de Inovações Educacionais do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), que analisou o potencial educacional de cerca de 400 histórias em quadrinhos da Turma da Mônica, de autoria de Maurício de Sousa.

De acordo com a diretora de ensino de Olinda, Edneide Cezar, uma das preocupações da Secretaria é alfabetizar e letrar os alunos dentro de um contexto onde a escrita e a leitura tenham sentido e façam parte da vida do aluno. “Os quadrinhos são publicações acessíveis que despertam o prazer pela leitura, por isso preferimos usar como apoio materiais que as crianças já lêem e gostam de ler. Além disso, estudos comprovam que muitos gibis exploram temas trabalhados em sala de aula, com base nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), entre eles, ambiente, corpo humano e saúde, ciência e tecnologia”, ressalta.

%d blogueiros gostam disto: