Notícias

“Eleições” também continuam no Centro de Educação Musical de Olinda

Crianças constroem processo eleitoral e vivenciam todas as etapas de uma eleição com base nos conteúdos estudados em sala de aula

Publicado por: adminolinda, em: 08/10/10 às 8:41
Grandes nomes da música viram candidatos nas eleições do CEMO. Arte: Taís Nascimento

Grandes nomes da música viram candidatos nas eleições do CEMO. Arte: Taís Nascimento

Até o dia 14 de outubro, toda comunidade estudantil do Centro de Educação Musical de Olinda estará envolvida num processo eleitoral pra lá de diferente. Eleições Musicais é o nome do projeto pedagógico que leva os alunos a perceberem a importância do voto e, ao mesmo tempo, aprofundarem os conhecimentos no conteúdo musical dado em sala de aula.

Os partidos já estão formados e a votação oficial acontece no dia 14/10, às 15h40, no pátio do Cemo, localizado na Avenida Pan Nordestina s/n. Antes da abertura da votação, às 15h, os presentes vão se deleitar com a Banda Sinfônica do Cemo numa apresentação especial em homenagem ao Dia das Crianças.

Nas Eleições Musicais do centro, os estudantes vivenciam todo o passo a passo de uma campanha eleitoral. Cada partido tem um candidato para presidente, governador, prefeito, senador, deputado estadual e federal e uma proposta de campanha, todos relacionados à períodos, músicos e instrumentos musicais. O horário da aula é usado para pesquisas e confecção de material de divulgação dos candidatos, partidos e propostas eleitorais dos músicos mirins.

Como tudo está relacionado ao conteúdo musical dado em sala de aula, os concorrentes aos cargos são grandes nomes da música como Vivaldi, Chiquinha Gonzaga e Chopin. Os partidos representam um período histórico da música, e as propostas são focadas em melhorias para difundir mais o ensino e audição musical.

De acordo com Anaide da Paz, diretora do Cemo e idealizadora do projeto, essa foi a forma encontrada para que os estudantes pudessem compreender a importância do voto, trazendo eles para a realidade da construção de uma campanha eleitoral desde a discussão das idéias, constituição de partidos, proposição das chapas, confecção de santinhos, até a votação.

O projeto é baseado na abordagem sociointeracionista de Vygotsky, teórico de psicologia da aprendizagem, e acontece no Cemo desde 2002. Este ano está sendo coordenado pela professora Fernanda Barreto.

Partidos e Chapas Musicais:

PAMA – Partido da Apreciação da Música da Antiguidade
Cor Azul
Presidente: Apolo
Governador: Orfeu
Senador: Pitágoras
Deputado Federal: Rei Davi
Deputado Estadual: Pã
Proposta: Criar uma oficina para ensinar a construir e consertar instrumentos musicais.

PAMB – Partido da Apreciação da Música Barroca
Cor Rosa
Presidente: Vivaldi
Governador: Haendel
Senador: Bach
Deputado Federal: Alessandro Scarlatti
Deputado Estadual: Domenico Scarlatti
Proposta: Realizar passeios para assistir a concertos musicais fora do CEMO.

PAMROM – Partido da Apreciação da Música Romântica
Cor Verde
Presidente: Chopin
Governador: Schumann
Senador: Liszt
Deputado Federal: Wagner
Deputado Estadual: Paganini
Proposta: Aumentar o acervo da Biblioteca comprando mais livros, partituras, Cd’s de música erudita e popular.

PAMPB – Partido da Apreciação da Música Popular Brasileira
Cor Amarela
Presidente: Chiquinha Gonzaga
Governador: Pixinguinha
Senador: Ernesto Nazareth
Deputado Federal: Anacleto de Medeiros
Deputado Estadual: Patápio Silva
Proposta: Construir um auditório maior.

%d blogueiros gostam disto: