Notícias

Encontro das Comunidades Tradicionais na Biblioteca Pública

O objetivo é levar informações sobre políticas públicas de sustentabilidade. A Coordenadoria de Assuntos Religiosos em Olinda está responsável pela organização do evento no município.

Publicado por: Secom, em: 20/05/11 às 10:46
II Encontro de Economia e Religiões, realizado em 2009. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

II Encontro de Economia e Religiões, realizado em 2009. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

A Prefeitura de Olinda realiza, no próximo domingo (22), o 1º Encontro das Comunidades Tradicionais e suas Relações com o Meio Ambiente. O evento pretende discutir a prática dos rituais religiosos sem agressão ao meio ambiente, por meio do incentivo e promoção do desenvolvimento sustentável. O Encontro acontece no Salão da Biblioteca Pública Municipal, no bairro do Carmo, das 8h às 16h30.

A ação faz parte da Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais (PNPCT), instituída por Decreto em 2004, em que reconhece ciganos, quilombolas, religiosos de matriz africana, índios, ribeirinhos, como exemplos de grupos pertencentes às Comunidades Tradicionais.

De acordo com o artigo 3º do Decreto, povos e comunidades tradicionais “são grupos culturalmente diferenciados e que se reconhecem como tais, que possuem formas próprias de organização social, que ocupam e usam territórios e recursos naturais como condição para sua reprodução cultural, social, religiosa, ancestral e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas geradas e transmitidas pela tradição”.

A programação do Encontro inclui palestras com professores de universidades brasileiras especialistas em cultura, religiosidade e ciências socioambientais, além de representantes do Ministério do Meio Ambiente. Confira programação abaixo. A ação é uma iniciativa do Governo do Estado de Pernambuco em parceria com as prefeituras dos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Recife, Paulista e Igarassu.

A atividade também acontece no sábado (21), em Jaboatão dos Guararapes. Em Olinda, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos (SDSCDH) é a responsável pela viabilidade e apoio no município, contando para isso com os trabalhos da Coordenadoria de Assuntos Religiosos.

Programação:

8h às 10h – Realidade das comunidades tradicionais

10h10 às 11h – Sacralização de Animais

11h às 12h – Direitos e políticas públicas das comunidades tradicionais

12h às 13h30 – intervalo

13h30 às 14h30 – Plantas e raízes sagradas e medicinais

14h30 às 16h30 – Elaboração das propostas para planejamento da Coordenação de Comunidades Tradicionais da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS)

 

%d blogueiros gostam disto: