Notícias

Escola Municipal em Peixinhos recebe oficina no Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial

Mais de 62% da população olindense é formada por negros

Publicado por: Redação da Secom, em: 21/03/19 às 16:57

Fotos: Sandro Barros/ Prefeitura de Olinda

Em alusão ao Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, as coordenações de Promoção à Saúde e Programa de Saúde na Escola (PSE) promoveram nesta quinta-feira (21.03) uma oficina sobre racismo. A temática foi abordada na Escola Municipal Dom Azeredo Coutinho, localizada na Avenida Presidente Kennedy, em Peixinhos, Olinda. Jovens do 7º e 9º ano da unidade receberam ações lúdicas contra o preconceito e também avaliações nutricionais.

A escola foi escolhida pelos representantes da Diretoria de Políticas Estratégicas da Secretaria de Saúde de Olinda para receber essa ação devido à sua proximidade com o Terreiro de Xambá, espaço que historicamente valoriza a cultura afro-brasileira. Para a coordenadora da Atenção à Saúde da População Negra e Pessoa com Deficiência, Carmem Cavalcanti, em tempos de tanta violência e intolerância, é importante trazer essa reflexão aos cidadãos, principalmente aos jovens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Mais de 62% da população de Olinda é negra, então precisamos levar essas orientações de conscientização para os serviços de nossa rede, sobretudo para fortalecer a política nacional da população negra, mostrando que o racismo no país não é somente interpessoal, mas também institucional”, comentou Carmem Cavalcanti.

Coordenadores de nutrição, tabagismo, saúde mental e da criança participaram da ação. Na parte nutricional, por exemplo, os estudantes mediram altura, peso, Índice de Massa Corpórea (IMC) e conversaram com os especialistas.

“Nosso objetivo é levar saúde e cidadania, disponibilizando esses serviços de promoção e prevenção à saúde e também agregando cidadania. Já realizamos em outros anos em espaços na rua, mas acredito que dentro de sala de aula o alcance e interesse são maiores. Aqui todos prestam a atenção, participam, e fora daqui vão levar o aprendizado para a casa, para os pais e os amigos”, acrescentou Cavalcanti.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial

O dia foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em memória ao “Massacre de Shaperville”, em 21 de março de 1960, no qual negros e negras de diversas idades foram assassinados sem compaixão durante o regime do Apartheid. Aproximadamente 20 mil pessoas protestavam contra a “lei do passe”, em Joanesburgo, na África do Sul.

%d blogueiros gostam disto: