Notícias

Estudantes de Olinda fazem aulas de reforço preventivo contra o Coronavírus

Ano letivo  sofre uma parada a partir desta quarta-feira  por causa do Covid-19

Publicado por: Ariadny Correia, em: 17/03/20 às 14:11

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por Patricia Viviane

Nesta terça-feira (17), último dia de aulas na rede municipal de Olinda, pois a partir desta quarta-feira (18.03) o ano letivo sofrerá uma parada por causa do Coronavírus, estudantes passaram por um reforço preventivo contra a doença. Lavar bem as mãos pelo menos 20 segundos com água e sabão, usar álcool gel, mas nunca apenas com água; cobrir o nariz com a parte interna do cotovelo ao espirrar ou tossir. Esses procedimentos foram o foco das aulas.

Na Escola Municipal Gregório Bezerra, em Jardim Atlântico, os estudantes do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos contaram com apresentações de vídeos, conversas com os pais e exposição de cartazes.

Em Salgadinho, a Escola Municipal Allan Kardec já vinha trabalhando com as crianças sobre as orientações de higiene. “Orientamos as crianças e os pais sobre os cuidados contra a doença”, informou a professora Simone Cokler.

Os estudantes da Escola Claudino Leal, em Cidade Tabajara, participaram de uma apresentação e debate sobre os dados a respeito do Covid-19. Alunos do Ensino Fundamental  I e II responderam atividades sobre o tema, resolveram um caça-palavras sobre os sintomas e também elaboraram cartazes para conscientização da comunidade escolar.

“Nós unimos e buscamos palestras com profissionais da área para entender mais sobre o assunto, já que o primeiro passo é a informação. O objetivo é saber o que é verdade e o que pode ser informação falsa. Nossos professores de ciências estiveram à frente das atividades e  orientamos tanto nossos alunos quanto funcionários”, destacou a diretora da Escola Claudino Leal, Patrícia Coruzo. “Para este período de suspensão nós enviamos atividades de reforço e revisão para que eles façam em casa”, complementou a gestora.

O Secretário de Educação, Esportes e Juventude de Olinda, Paulo Roberto Souza Silva, parabeniza todos os diretores e equipe pela iniciativa preventiva  nas escolas. “Ensinar os métodos de prevenção, manter o ambiente limpo e ficar atentas às crianças que tenham algum tipo de sintoma são medidas importantes. Esta é uma grande oportunidade para aprendermos mais sobre higiene e limitar o número de doenças no geral, não apenas o risco do Coronavírus,” pontuou o secretário.

 

Sintomas – Os principais sintomas do Coronavírus podem ser confundidos com gripe comum ou virose. São eles: tosse, febre, dor de garganta, nariz entupido e pode ocorrer falta de ar. É importante que, ao apresentar qualquer sintoma, a pessoa procure um posto de saúde. Atualmente a rede municipal de educação de Olinda conta com 73 escolas e 23 anexos, e 24.000 mil estudantes.

%d blogueiros gostam disto: