Notícias

Guardas municipais de Olinda, RMR e do Interior passam por capacitação para uso de armas não letais

Conteúdo traz palestras sobre legislação e também aulas práticas, com o manuseio dos equipamentos

Publicado por: Redação da Secom, em: 24/10/18 às 12:08

A Guarda Municipal de Olinda (GMO) participa, nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25), de uma capacitação para o uso de tecnologias não letais. O curso é voltado à segurança pública e a eficácia nas relações de trabalho, contando com 80 participantes, oriundos de diversos municípios. A proposta é de aperfeiçoar a operação diária nas ruas com equipamentos de menor poder ofensivo, como pistolas de eletrochoque e espargidores.

A qualificação é promovida pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana de Olinda e estimula o uso progressivo e diferenciado da força. No conteúdo, estão palestras sobre a legislação vigente e também aulas práticas, com o manuseio direto dos equipamentos. A qualificação envolve, ainda, diretrizes sobre direitos humanos e primeiros socorros. O secretário da pasta, Cel. Pereira Neto, e o comandante da GMO, Mateus Barbosa, acompanham as aulas de perto.

Além de Olinda, incluindo os guardas municipais e agentes de trânsito, participam do treinamento os representantes da Polícia Militar de Pernambuco e das forças de segurança do Recife, Camaragibe, Ipojuca, Goiana e Passira. Entre as armas de instrução, do modelo Spark, estão também os sprays, com jatos direto e névoa, todos já em utilização pelo efetivo local. De acordo com Jeferson Alves, um dos instrutores, os resultados na cidade têm sido positivos. “As armas incapacitantes conseguem fortalecer o trabalho das ruas, trazendo segurança ao agente, ao individuo detido e também a população ao seu redor. Faz-se necessário o uso consciente”, explicou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Marcílio Albuquerque │ Fotos: Alice Mafra

%d blogueiros gostam disto: