Notícias

Idosos praticam exercícios físicos à beira mar de Olinda

A ação foi direcionada para idosos hipertensos e diabéticos (hiperdia) da comunidade de Águas Compridas

Publicado por: Secom, em: 05/09/11 às 14:01
Idosos praticam exercícios físicos para cuidar da saúde - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Idosos praticam exercícios físicos para cuidar da saúde - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Praticar exercícios físicos regularmente é de fundamental importância para a saúde, principalmente para os idosos. E foi com essa intenção que a Secretaria de Saúde de Olinda, através do Distrito Sanitário I, promoveu na manhã dessa sexta- feira (02) na praia de Bairro Novo.

A ação foi voltada para idosos que sofrem de pressão alta e diabetes. Um ônibus foi disponibilizado para transportar os 45 idosos das comunidades de Águas Compridas I e II, que antes de iniciarem a prática de exercícios, verificaram a pressão arterial e tomaram um café da manhã regado de frutas tropicais.

No local, uma equipe de profissionais do NASF II (nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, auxiliar de enfermagem e psicólogo) marcaram presença para orientações ao grupo. A equipe também conta com o agente comunitário de saúde, Jairo Manta, responsável por organizar esse tipo de evento.

Durante toda a manhã os idosos praticaram aeróbica e exercícios de recreação, ministrada pelo professor de educação física, Marcelo Ribeiro. Uma das beneficiadas pelo projeto foi a parteira e curadeira Marlene Pereira, 73, que destaca a importância de praticar do exercícios físico. “Olha, ajuda muito a manter a disposição para o trabalho. Estou com 73 anos e continuo disposta, fazendo parto das mulheres da comunidade, faço isso desde os 15 anos de idade e não pretendo parar tão cedo”, afirmou entusiasmada.

Segundo a diretora do DS I, Mesullan Torres, a iniciativa está inserida no modelo de promoção à saúde do município. “É esse tipo de atividade que melhora as condições de saúde das pessoas. Essa atividade na praia sempre ajuda a descontrair o grupo e na interação do grupo”, afirmou.

Já a coordenadora do NASF II, Andréia Ribeiro, acrescentou que essa vinda para a praia serve de entusiasmo para muitas dessas pessoas do grupo. “Tem gente que vive dentro de casa e muitas vezes levando à depressão. Portanto, uma vez na semana ou de 15 e 15 dias estaremos promovendo esse tipode atividade extra unidade de saúde”, pontuou.

%d blogueiros gostam disto: