Notícias

Lago do Parque do Carmo ganha mais vida com repovoamento de peixes

Eles são ornamentais, importantes para que olindenses e turistas curtam o meio ambiente

Publicado por: Secom, em: 01/03/18 às 15:05

O Lago de Sítio de Seu Reis, no Carmo, em Olinda, ganhou mais vida nesta quinta-feira (01.03). Ou melhor, recebeu mais de cem novas vidas de peixes. É que, após a requalificação do local, a Prefeitura de Olinda, em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Departamento de Pesca e a Estação de Aquicultura Continental Prof. Johei Koike, promoveu a primeira etapa do repovoamento com diferentes espécies. Elas são ornamentais, não são apropriadas para o consumo humano, sendo fundamentais para que olindenses e turistas se apropriem ainda mais deste espaço de lazer para toda família.

Com a presença do prefeito Professor Lupércio, e do vice, Márcio Botelho, crianças da escola municipal Duarte Coelho, também participaram da ação. Uma forma de conferir de perto os ensinamentos aprendidos em sala de aula. Diante de olhares dos pequenos curiosos, como o de Júnior Silva, Lupércio colocou um dos peixes grandes no lago. “É um espaço lindo que está sendo recuperado para que as pessoas venham curtir, aproveitar a natureza na nossa cidade”, afirmou o gestor.

Empolgado com o que estava vendo, Júnior perguntou para reportagem: “Do que eles se alimentam?”. Questionamento logo repassado para quem melhor entende do assunto. O engenheiro de pesca Rivaldo Júnior explicou que os animais comem plantas e materiais orgânicos que já se encontram no lago. “Ajudam também na limpeza da água. Essa é a primeira etapa de repovoamento, iremos ainda ter novas durante este ano em outros lagos aqui da área”, afirmou.

Antes deste momento, uma intervenção foi feita pela Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda, para oferecer melhores condições para a vida e reprodução destes animais, é o que explica o secretário executivo de Patrimônio, Fred Nóbrega. “Fizemos o revestimento do piso, para que a água não escoe. Além de um sistema, com dois poços, para a renovação da água”, pontuou, antes de alertar: “O local segue sendo vigiado e pedimos a ajuda das pessoas, não jogando lixo, por exemplo, para a preservação do meio ambiente e deste trabalho que estamos desenvolvendo.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

%d blogueiros gostam disto: