Notícias

Lei Aldir Blanc 2021: Artistas e Produtores de Olinda deverão realizar cadastro no mapa cultural de Pernambuco

O cadastro segue recomendação do Governo Federal e o interessado que não se cadastrar no mapa cultural do Estado, não poderá concorrer ao edital da Aldir Blanc 2021 no município

Publicado por: Redação da Secom, em: 26/08/21 às 12:57

Artistas, produtores e fazedores de cultura de Olinda que desejem receber recursos do auxílio da Lei Aldir Blanc neste ano de 2021 deverão realizar o seu cadastro no Mapa Cultural de Pernambuco. A adesão ao mapa por parte do município, se deve a recomendação do Governo Federal e dos órgãos de controle e fiscalização, visando adequação dos cadastros culturais estarem em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

É importante destacar, que o interessado que não se cadastrar no mapa cultural do Estado, não poderá concorrer ao edital da Aldir Blanc 2021 em Olinda. Os interessados que já estiverem cadastrados no Mapa Cultural de Pernambuco não precisam atualizar ou refazer o seu cadastro. 

Carnaval de 2020 – Foto: Alice Mafra / PMO

Edital Aldir Blanc 2021

Para o envio das propostas será disponibilizado o formulário semelhante ao do ano passado, elaborado pela Secretaria de Cultura do Município. Com o cadastro no mapa, o município também irá colaborar com o mapeamento cultural do estado, fortalecendo as políticas públicas para o setor cultural. Nesta segunda fase da Lei Aldir Blanc, Olinda irá distribuir mais de um milhão em recursos financeiros para os artistas do município. 

O repasse dos recursos serão distribuídos por meio de subsídios por chamamento público por meio do prêmio Memória Viva voltada para Mestras e Mestres da cultura tradicional e popular do município e também pelo edital Conecta Arte, que tem a característica de Fomento, Formação e Prestação de Serviços Culturais. 

Serão selecionadas produções culturais nos segmentos de: 

Artes Plásticas;

Artes Gráficas e Congêneres (Artes Visuais);

Artesanato;

Circo;

Cultura Popular e Tradicional;

Dança;

Design e Moda;

Fotografia;

Gastronomia;

Literatura;

Música;

Patrimônio;

Teatro;

Audiovisual;

Artes Integradas. 

 

A realização dos projetos deve acontecer exclusivamente em plataformas na internet, por exemplo – Youtube, Instagram, Vimeo, Site, Facebook e outros meios digitais, desde que estejam públicas na internet. Os conteúdos podem ser disponibilizados no formato gravado ou ao vivo (lives).

%d blogueiros gostam disto: