Notícias

Mais literatura para Olinda

I Festival Literário de Peixinhos vem refletir e celebrar a literatura na periferia. Evento acontece de 18 a 20 de novembro, no Nascedouro de Peixinhos

Publicado por: adminolinda, em: 17/11/10 às 14:22
Principal proposta do evento é promover reflexão sobre a literatura na periferia.

Principal proposta do evento é promover reflexão sobre a literatura na periferia.

Depois do sucesso da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto), Olinda conta com mais uma atividade voltada para a literatura. Entre os dias 18 e 20 de novembro acontece o I Festival Literário de Peixinhos, na Refinaria Multicultural do Nascedouro de Peixinhos.

A principal proposta do evento é promover reflexão e celebrar a literatura na periferia, também chamada poesia marginal, e sua interface com a comunicação virtual.

Integra a programação do Festival mesas redondas, conferências, mostra de experiências, mostra de cinema e literatura, oficinas, concurso de poesia, lançamentos de livros, recitais, feira de livro, atividades de contação de histórias para crianças, entre outros.  O Concurso de Poesia Hermilo Borba Filho, é voltado para os alunos das escolas públicas, que serão premiados com medalhas, certificados e cestas de livros.

Mais informações sobre o evento no endereço eletrônico:
www.peixinhosfesliter1.blogspot.com

PROGRAMAÇÃO

Período: 18 a 20/11/2010
Local: Refinaria Multicultural Nascedouro Peixinhos – Recife/Olinda – PE

Curador literário: Raimundo Carrero

Coordenador geral: André Cervinskis.
Produção Executiva/Administrativa: ADCE Produção Cultural.

QUINTA-FEIRA 18

8h às 12h – Como estimular a leitura em jovens? Carminha Bandeira
Local: auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

14h às 16h – A poesia virtual – Lourival Holanda e Helder Herik
Mediador: Pedro Buarque

16h às 18h – O conto virtual – Mediador: Bruno Piffardine
Local: auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

14h às 18h – Mostra de Curtas CINEMA E LITERATURA

19h às 22h
Abertura oficial do evento: FUNDARPE, Secretaria de Cultura do Recife, Secretaria de Cultura de Olinda, IMC, UBE-PE
– Homenagens a Erickson Luna e Celina de Holanda
-Apresentação cultural
– Coquetel
Local: Auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

SEXTA-FEIRA 19

8h às 12h: Oficina: Como estimular a leitura em jovens? Carminha
Local: auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

9h às 17h – Oficina: Como organizar um blog literário? Webdesign e editoria – Hélder Herik e Ciane Quaresma
Local: Sala de Informática 1º. andar (SECTMA)

14h às 16h – Bibliotecas comunitárias: canais de acesso e democratização literária – Biblioteca do Nascedouro de Peixinhos (movimento Boca do Lixo) e Rede de Bibliotecas Comunitárias
Mediador: André Cervinskis

16h às 18h – O estímulo à leitura: relato de experiências – Artur Rogério (Projeto LÍTERIS – Formação para Jovens Escritores do Coque) e Centro de Cultura Luiz Freire
Mediadora: Heloísa Arcoverde de Morais
Local: auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

SÁBADO 20

9h às 17h – Oficina de poesia – Raimundo de Moraes
Local: auditório CSU

9h às 17h – Oficina de Contação de histórias (Graça Lins)
Local: Escola Municipal Monteiro Lobato (ao lado do Nascedouro)

8h30 às 10h – Autores Periféricos e Editoração – Heloísa Arcoverde de Morais e Diogo Todé
Mediador: Tarcísio Pereira

10h30 às 12h – Literatura Marginal e Academia – Lara e Anco Márcio Tenório Vieira
Mediador: Cristhiano Aguiar

14h às 16h – Mesa: Literatura e Brasilidade – pesquisadores da UFPB
Mediadora: Wilma Martins de Mendonça (UFPB)

16h às 18h – Bate-papo literário: Marginalidade e oficialidade: a contribuição da poesia dos anos 1970 – Guilherme Zarvos e Cida Pedrosa
Mediação: André Cervinskis

18h às 20h – Literatura de periferia – Robinson Padial (Binho) – poeta e idealizador do Sarau do Binho (SP) e Écio Salles (RJ)
Mediadora: Virgínia leal (UFPE)

19h às 20h – Recitais-grupos
– Apresentações artísticas e entrega do prêmio literário do CONCURSO DE POESIA HERMILO BORBA FILHO

Lançamento: Devotos 20 – Hugo Montarroyos
Local: Auditório da REFINARIA MULTICULTURAL

Atividades simultâneas:
– Visitação às exposições artísticas (escolas e público em geral)
Local: CSU

– Lançamento de livros;
– Mostra de Experiências Literárias – bibliotecas comunitárias, instituições públicas, livrarias e editoras.
Local: Pátio externo (Nascedouro)

PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA | 18 a 20

MOSTRA DE CINEMA E LITERATURA
DATA: 18 de novembro, 14 às 18h
LOCAL: Auditório do CSU – Centro Social Urbano do Nascedouro de Peixinhos

1. Velho Buk – tempo: 4: 49 min
SINOPSE: Vídeo experimental criado a partir de ilustrações, mostra um pouco da vida e obra do escritor Charles Bukowski.
ILUSTRAÇÕES/DIREÇÃO: Leo Resende
FILMAGEM: Rafael Dias
EDIÇÃO: Plínio D’Angellis
ÁUDIO: Paulo do Amparo

2. Vídeo-poema REFÉM – tempo: 2min. 15seg.
SINOPSE: Vídeo-poema Refém, homônimo ao poema de James Martins, poeta soteropolitano.
FILMAGEM E EDIÇÃO: Luna Silva Matos/ Poema: James Martins/
COLABORAÇÃO: Leo Resende.

3. A Partida – ( AURORA FILMES )
SINOPSE: O _lme “A Partida”, da cineasta Sandra Ribeiro, é baseado no conto “A Partida” do escritor pernambucano Osman Lins, que se consagrou como um dos maiores escritores da literatura contemporânea brasileira. Publicado em 1957 no livro “Os Gestos”, é inspirado na própria história de Osman. Este conto foi republicado no ano de 2000 no livro os 100 Melhores Contos do Século de Ivo Moriconi. Um Velho ilhado na cidade grande, que vê o mundo da janela de seu apartamento. Viajando na lembrança, volta ao interior de Pernambuco quando, ainda jovem, não sonhava com outra coisa senão partir. Isso significa romper com a avó, que é a sua raiz nesse fim de mundo.
ROTEIRO E DIREÇÃO: Sandra Ribeiro.
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Jorge Monclair
ELENCO: Geninha da Rosa Borges, Paulo Autran e Marcelo
Lacerda
TRILHA SONORA: Cussy de Almeida

4. Ossos do ofício – ( AURORA FILMES )
SINOPSE: Ismael, marceneiro desempregado e pai de dois _lhos, que sobrevive catando lixo para amenizar a situação de miséria em que vive junto a sua família. A realidade se complica ainda mais, quando ele se vê só, abandonado por sua esposa, que fugira deixando-lhe as crianças. Profissional habilidoso,porém frustrado, arranca as portas do barraco onde mora e constrói ataúdes para sepultar vidas e a esperança esquecida naquele lugar. O curta metragem baseado no conto “O Artesão I” do escritor, Raimundo Carrero, que foi selecionado para Mostra Competitiva de Curtas do Cine PE 2010.
ROTEIRO E MONTAGEM: coletivo dos alunos da Aurora Filmes
FOTOGRAFIA: Marcos Aurélio
SOM DIRETO: Xisto Ramos, Ricardo Arruda
PRODUÇÃO: Juliana Verçoza, Ricardo Arruda, Yuri Serbedzija, Camila Rocha
MÚSICA: Artesão
TRILHA SONORA: Franklin Amorim e Ricardo Arruda
PRODUTOR EXECUTIVO: Ivanildo Silva
DIREÇÃO DE ARTE: Xisto Ramos, Evandro Viana

5. Isósceles – ( AURORA FILMES )
SINOPSE: Baseado em contos SHOE e Alma Gêmea do Escritor Fernando Farias, o curta Isósceles narra a História de três personagens que estão interligados por seus relacionamentos. Sandoval, separado de sua esposa vive solitário; Adalgisa, ex-esposa de Sandoval que vive feliz graças a um novo relacionamento e Ana Rita que conhece Sandoval e lhe dá esperanças de sair da depressão.
DIRETOR: Roberto Ja_er, Ricardo Wanderley e Gibran Khalil
ROTEIRO E MONTAGEM: Coletivo dos alunos da Aurora Filmes
FOTOGRAFIA: Wilder Ivo Xavier,
DIREÇÃO DE ARTE: Ana Paula Velanga, Rebeca Venice e Fátima Costa.
TRILHA MUSICAL: Gustavo Arruda. Chris Berenguer, Wilder Ivo Xavier, Davi Paes,
FIGURINO: Fátima Costa
ELENCO: Ricardo Wanderley, Normando Roberto, Maria Cristina Siqueira, Fátima Costa.
MAQUIAGEM: Ana Paula Velanga

EXPOSIÇÕES

DATA: 18 a 20 de novembro, 8 às 18h
LOCAL: CSU – Centro Social Urbano do Nascedouro de 8h

Léo Resende Sua exposição retrata painéis em variados tamanhos desde 50×50 cm a 1.20×1.80 cm. Com pinturas e fragmentos de textos pintados; esses textos são pré-selecionados e procuram explicitar uma ligação poética e também pessoal entre eles. Algo figurativo para acompanhar a escrita complementar à composição, predominando o preto e branco. A partir da concentração dos painéis, irá ser feita a instalação dos mesmos criando uma simbiose contextual.

Pedro Buarque A Dissolução do signo, exposição de pinturas de Pedro Buarque, comporta em si a mescla de literatura e (re)invenção da vida. Nos traços sinuosos respira o tecido vivo da narrativa, a consubstanciação de autor/obra/artista. Nos nove quadros da mostra, pincel e pena se cruzam e traçam outros modos de se (re)fazerem, o traçado de contos e romances, vida e criação que não são mais que a invenção de si.

Jack Salles Artista autodidata, Jack trabalha com confecção de marionetes, esculturas em diversos tamanhos e gra_tagem. Para o festival, está trazendo marionetes, mandalas e máscaras, com temas diversos.

LANÇAMENTO DE LIVROS

Tarde de autógrafos com diversos autores
DATA: 20 de Novembro de 2010, 14 às 17h
LOCAL: Tenda da Mostra Literária
Pátio externo Nascedouro de Peixinhos

%d blogueiros gostam disto: