Notícias

Maracatu Nação Maracambuco participa da Flaac 2012

Maracambuco será o único grupo de maracatu de Pernambuco que vai participar do Flaac 2012

Publicado por: adminolinda, em: 02/04/12 às 13:57
Maracambuco - Prévias Carnaval 2010

Nação Maracambuco é o único do estado a participar do FLAAC 2012 - Foto:Passarinho/Pref.Olinda

Referência não apenas em Olinda, onde surgiu, mas em Pernambuco, o Maracatu Nação Maracambuco, que recebe apoio cultural da Prefeitura de Olinda, terá a oportunidade de levar toda a sua tradição para participar do Festival Latino Americano e Africano de Arte e Cultura (Flaac), que acontece em Brasília, entre 21 de abril e 10 de agosto, no campus da Universidade de Brasília – UnB. Trata-se do único grupo de maracatu de Pernambuco que vai participar do Flaac 2012.

Durante o festival, o campus da UnB, os espaços culturais de Brasília e as embaixadas dos países envolvidos apresentarão os caminhos para reconhecer e valorizar as matrizes culturais latino-americanas e africanas. Muito além de shows, exposições de arte, espetáculos teatrais, performances, seminários, conferências e debates acadêmicos, a programação do Flaac 2012 proporcionará diálogos entre a arte e a cultura dos países envolvidos, com um olhar atento para seus reflexos políticos, econômicos e sociais.

O conhecimento que se forma na academia deve servir a toda a comunidade e por este motivo, o Flaac 2012 não se restringe ao campus, já que vários pontos da cidade vão receber destaques da programação. Ao final, os resultados desses encontros ressoam na UnB, seja no aprofundamento de políticas afirmativas ou na produção de conhecimento acadêmico. E o ciclo se renova.

O Maracatu Nação Maracambuco nasceu em 09 de Junho de 1993, na cidade de Olinda, berço da cultura pernambucana, com o intuito de divulgar, preservar, valorizar e difundir a arte e cultura popular de Pernambuco em especial o maracatu nação, de baque virado, tendo como regente Iemanjá (mãe de todos os orixás e da fertilidade). O trabalho do grupo é baseado em apresentações, em cortejos no período do carnaval e alguns eventos de referência durante o ano e assessoria a feiras de ciências em instituições de ensino (colégios, universidades e faculdades).

Desde então, o grupo abriu sua sede para oferecer oficinas de percussão e dança abertas ao público na comunidade de Peixinhos/Vila Popular. Através do trabalho cultural, iniciou-se o desenvolvimento de ações de assistência social junto à comunidade a qual o grupo está inserido. Atualmente, possui mais de 100 integrantes entre crianças e adolescentes numa faixa etária de 16 a 20 anos que frequentam o Maracambuco diariamente e participam das oficinas gratuitas que o grupo oferece.

%d blogueiros gostam disto: