Notícias

Mulheres vítimas de violência, em Olinda, vão contar com serviço 24 horas

Unidade de acolhimento é a primeira do Estado a oferecer o acolhimento integral

Publicado por: Marcílio Albuquerque, em: 24/05/19 às 12:55

As ações de proteção e orientação para as mulheres de Olinda ganharão um reforço especial. Nesta sexta-feira (24.05), o prefeito Professor Lupércio assinou a Ordem de Serviço para requalificação do Centro Especializado de Atendimento à Mulher Márcia Dangremon, localizado no Bairro Novo. O espaço, voltado ao acolhimento de vítimas de violência, agora terá sua capacidade de atendimento dobrada, sendo o primeiro de Pernambuco a atender a população 24 horas por dia.

Focado na humanização do serviço, o espaço pioneiro terá seus dormitórios reformados, novas instalações hidráulicas e elétricas e pintura. As portas e janelas do espaço também serão renovadas, além do trabalho de capacitação contínua dos seus profissionais. “O nosso objetivo é de oferecer um apoio digno e necessário paras as mulheres da nossa cidade, atuando em um trabalho conjunto com outros órgãos”, destacou o prefeito. A solenidade contou com a presença de autoridades locais, moradores e usuários do equipamento.

De acordo com a secretária executiva da Mulher e Direitos Humanos de Olinda, Verônica Brayner, a requalificação é de extrema importância. “Muitas vezes as mulheres se viam desamparadas quando os casos de agressão aconteciam no período da noite, por exemplo. A partir de agora podemos oferecer uma assistência por completo”, ressaltou. O Centro Especializado de Atenção à Mulher Márcia Dangremon, funciona em Bairro Novo.

Além de realizar a denúncia, a agredida conta com uma equipe multidisciplinar. O corpo técnico é formado por psicóloga, assistente social, advogada e educadores sociais. Os profissionais prestam apoio nos casos de violência doméstica, seja moral, física e/ou sexual. Para ter acesso ao serviço, as mulheres podem ir espontaneamente ou serem encaminhadas pelas Varas da Justiça, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou delegacias. Para informações, os telefones são: 0800.281.2008 e 3429.2707.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Marcílio Albuquerque / Fotos: Alice Mafra

%d blogueiros gostam disto: