Notícias

O diálogo com as crianças é uma ferramenta importante para o combate ao COVID-19

Os cuidados servem tanto para proteger os pequenos, quanto os que estão ao seu redor

Publicado por: Redação da Secom, em: 11/05/20 às 9:57

Os cuidados com as crianças durante a pandemia do novo Coronavírus devem ser redobrados. A transmissão nos pequenos ainda é um mistério. Eles podem ser assintomáticos e muitos dos seus hábitos têm grande poder de disseminação do vírus. Mesmo que os sintomas possam ser mais leves, se não cuidados, eles podem ser o vetor para públicos mais suscetíveis de contaminação, inclusive os grupos de risco.

Os pais precisam explicar às crianças o que está ocorrendo com a pandemia, a seriedade da situação e o que é o coronavírus. A conversa ajudará com a compreensão dos porquês como, por exemplo, porque as escolas estão fechadas, porque não podemos brincar na rua e porque não podemos ver a vovó e o vovô. Apesar dos registros mostrarem que essa faixa etária tem a menor incidência, já há casos confirmados e mortes desse segmento da população.

A regra principal é clara: os meninos e meninas devem ser mantidos em casa. Em caso de necessidade de sair, é necessário usar máscara, mas atenção ao tamanho e colocação no rosto, evitando o abafamento ou até ocorrências mais graves. É importante também adotar todas as formas de prevenção relacionadas a higiene, lavar as mãos, passar álcool, não colocar a mão nos olhos e na boca.

Uma cartilha do Ministério da Saúde foi disponibilizada para ajudar de forma lúdica na prevenção da doença. O link para acesso a ela, será disponibilizado no final do texto.

Cartilha do Ministério da Saúde

%d blogueiros gostam disto: