Notícias

Olinda aborda aprendizagem profissional

Empresas foram sensibilizadas a abrir espaço para contratação de jovens

Publicado por: Redação da Secom, em: 21/08/19 às 15:01

Olinda sediou nesta quarta-feira (21.08) mais uma edição do Fórum Pernambucano de Aprendizagem Profissional (Forape). O evento itinerante foi realizado no prédio sede da Prefeitura com a presença de representantes da gestão municipal, do Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho, Sistema S e instituições formadoras.

A iniciativa tem objetivo de sensibilizar as empesas a cumprirem as cotas previstas na Lei 10.097/2000 que institui a presença de jovens com idades entre 14 e 24 anos incompletos como aprendizes nessas instituições. Hoje, de acordo a gestão municipal, existem 1.450 vagas em aberto que deveriam ser preenchidas nas empresas com jovens aprendizes.

Evento itinerante foi realizado no prédio sede da Prefeitura com a presença de representantes da gestão municipal – Foto: Ana Alencar / PMO

O fórum convidou 128 empresas de Olinda que não estão totalmente de acordo com a legislação. Com o auditório lotado, representantes das diversas esferas envolvidas no evento comentaram a importância de oferecer qualificação profissional e oportunidade de trabalho aos jovens, em especial aqueles em vulnerabilidade social. Em Olinda, o Programa Qualifica Jovem promove a capacitação e inserção de pessoas de baixa renda ou com deficiência, no mercado de trabalho.

A procuradora do Ministério Público do Trabalho, Jailda Pinto, discursou e pediu que as empresas cumpram seu papel social na formação dos jovens olindenses. “Precisamos conclamar as empresas. “Se elas cumprirem suas cotas, 80% dos jovens que estão em situação de trabalho infantil teriam oportunidade de estar inseridos num ambiente profissional, com direitos e deveres garantidos. Essa profissionalização combate, inclusive a evasão escolar, já que para ser jovem aprendiz é necessário ter frequência regular nas escolas”, pontuou a procuradora.

objetivo de sensibilizar as empesas a cumprirem as cotas previstas na Lei 10.097/2000 – Foto: Ana Alencar / PMO

Representado a gestão municipal de Olinda estavam o vice-prefeito, Márcio Botelho e os titulares das pastas de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos e Educação, Esportes e Juventude, secretários Odin Neves e Paulo Roberto Souza Silva, respectivamente.

“Não há ação mais gratificadora de cidadania do que o ingresso na carreira profissional. Por isso um fórum como este é bem-vindo ao município de Olinda. Aqui trabalhamos para construir cidadania, especialmente dos jovens, através de qualificação para que eles possam buscar melhoria, cidadania”, disse o secretário Odin Neves.

%d blogueiros gostam disto: