Notícias

Olinda cadastra mais de 70 terreiros de matriz africana e afro-indígenas da cidade

A ação é importante para a promoção de serviços essenciais desses locais

Publicado por: Redação da Secom, em: 23/02/21 às 9:37

A missão da atual gestão da Prefeitura de Olinda é levar cidadania para todos os olindenses. Por isso, a Coordenação de Assuntos Religiosos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos cadastrou de forma online os terreiros de matriz africana e afro-indígena da cidade. Ao todo, 72 terreiros de vários bairros fizeram a inscrição.

A missão é mapear esses espaços e dividir por região. Assim, é possível ofertar serviços essenciais, como saúde, assistência social e jurídica, entre outros. Além disso, foi também identificado o responsável de cada local para priorizar um contato direto com os seus membros.

O próximo passo, respeitando todas as normas e regras de prevenção da COVID-19, é conhecer e visitar cada um desses espaços de fé.

%d blogueiros gostam disto: