Notícias

Olinda debateu o desenvolvimento pedagógico no III Congresso Municipal de Educação

O encontro, direcionado a todos os profissionais de educação da rede municipal, aconteceu nos dias 28 e 29 de setembro, no Centro de Convenções

Publicado por: Secom, em: 01/10/15 às 12:17
III Congresso Municipal de Educação. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

III Congresso Municipal de Educação. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Visando a formação e valorização dos profissionais da rede de ensino do município, a Prefeitura de Olinda, através da Secretaria de Educação, realizou, no Centro de Convenções de Pernambuco, o III Congresso Municipal de Educação nos dias 28 e 29 de setembro. O evento, abordou o tema “Novas Maneiras de Ensinar, Novas Formas de Aprender”.

Foram realizadas palestras ministradas por professores, mestres e doutores renomados, como Celso Antunes e Izabel Parolin. Foi desenvolvida ainda, uma dinâmica de trabalho baseada na reflexão sobre as experiências e vivências pedagógicas através de diálogos e debates.

” O congresso é uma formação para atualizar os profissionais sobre a política de ensino, o que está sendo proposto, ampliar os conhecimentos e reflexões sobre a peça pedagógica do dia a dia das escolas. É também uma troca. A partir do que observamos de necessidades ou do que a rede precisa, a poderemos procurar atender as necessidades do professor. O congresso tem o objetivo de aproximar os saberes teóricos, práticos e pedagógicos para melhorar a qualidade da educação do município. E quem garante isso é o professor” afirmou a secretária executiva de Políticas Educacionais de Olinda, Edineide Cesar.

O congresso faz parte do processo de formação continuada do município, e foi direcionado a todo o corpo docente das escolas municipais de Olinda, incluindo, além de professores, gestores, coordenadores pedagógicos, secretários e a equipe técnica da Secretaria de Educação. O foco do encontro foi o desenvolvimento das potencialidades pedagógicas dos professores através do estudo e da pesquisa, com o objetivo de melhorar na aprendizagem dos estudantes e, consequentemente, o aumento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.

%d blogueiros gostam disto: