Notícias

Olinda decreta luto oficial pelo falecimento da cantora e compositora Selma do Coco

A cantora e compositora, ícone da cultura popular olindense, faleceu no sábado (09) em decorrência de uma parada cardíaca. O luto oficial será de 3 dias

Publicado por: Secretaria de Comunicação, em: 11/05/15 às 17:34
Selma do Coco. Foto: Priscilla Buhr/Fundarpe

Foto: Priscilla Buhr/Fundarpe

A Prefeitura de Olinda decretou luto oficial pelo falecimento no último sábado (09), de Selma do Coco, cantora e compositora ícone da cultura popular brasileira. Confira abaixo a íntegra do decreto para luto oficial de três dias:

DECRETO Nº 105/2015

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OLINDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso VI do art. 66 da Lei Orgânica do Município, e

CONSIDERANDO o falecimento, ocorrido no último sábado, 09 de maio de 2015, da artista Selma Ferreira da Silva, popularmente conhecida como “Selma do Coco”;

CONSIDERANDO a inestimável contribuição dessa grande pernambucana a cultura popular brasileira,

DECRETA

Art. 1º É declarado luto oficial em todo o município, por três dias, a partir desta ata, em sinal de pesar pelo falecimento de Dona Selma Ferreira da Silva, mais conhecida como Dona Selma do Coco.

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio dos Governadores, Gabinete do Prefeito, em 11 de maio de 2015.

Renildo Calheiros

Prefeito

——————————

SELMA DO COCO – Ex-tapioqueira, Dona Selma do Coco se tornou conhecida do grande público nos anos 90, durante o movimento Manguebeat e após uma apresentação no Festival Abril pro Rock, em 1996. Em 1999, ganhou o Prêmio Sharp pelo disco “Minha História”. Nos anos seguintes, apresentou-se no Festival Lincoln Center, em Nova York, e no Festival de Jazz de Nova Orleans, além de fazer shows na Alemanha, França, Bélgica, Espanha, Suíça e Portugal, tornando-se um dos Patrimônios Vivos do Estado de Pernambuco.

“Selma representou muito para cultura popular e principalmente para cultura de Olinda. Foi uma grande incentivadora do coco, realizando uma grande mudança na cultura popular da cidade”, afirmou o secretário de Patrimônio e Cultura do município, Lucilo Varejão.

%d blogueiros gostam disto: