Notícias

Olinda divulga balanço do Carnaval 2010

Os números reafirmam o sucesso das ações desenvolvidas pela prefeitura durante a Folia de Momo

Publicado por: adminolinda, em: 22/02/10 às 10:28
Orquestra Itinerante - Carnaval 2010

216 orquestras itinerantes animaram o Carnaval de Olinda 2010 - Foto: Chico Atanásio/Pref.Olinda

A Prefeitura Municipal de Olinda comemora o sucesso do Carnaval 2010. Este ano, foram centenas de agremiações pelas ruas da cidade, com folia que não se restringiu à Cidade Alta, espalhada por diversos bairros. No Carnaval de 2010, a prefeitura garantiu a diversidade cultural e a descentralização da festa nos 13 pólos de animação espalhados pelos quatro cantos da cidade, que funcionaram madrugada à dentro.

Além dos desfiles das agremiações, nove circuitos na Cidade Alta receberam orquestras e grupos itinerantes que garantiram a animação dos foliões nos intervalos dos blocos, realizando roteiros diferentes das 10h às 22h. Totalizaram 216 orquestras itinerantes e 32 grupos carnavalescos.

NOITE EM OLINDA – Para garantir o desfile de agremiações de fantasia no Sítio Histórico no período da noite, a Prefeitura investiu na programação dos cortejos noturnos. Os foliões puderam acompanhar agremiações tradicionais como Lenhadores, Vassourinhas, Cheguei Agora, Nação Pernambuco, Maracatu Piaba de Ouro Encontro de Afoxés, Encontro de Caboclinhos e Maracatu Leão Coroado. Além disso, depois de muitos anos, foi possível realizar o tradicional encontro da Pitombeira dos Quatro Cantos e do Elefante de Olinda, dessa vez em frente à sede da Prefeitura.

Durante os quatro dias de folia, 13 pólos de animação garantiram a diversidade cultural e contribuíram para a descentralização da festa até de madrugada. Pólo Afro Nação Xambá, Pólo Sítio de Seu Reis, Pólo Peixinhos, Pólo Salgadinho, Pólo Rio Doce, Pólo Ouro Preto, Pólo Guadalupe, Pólo Bonsucesso, Pólo Casa da Rabeca, Pólo Maracatus, Pólo Samba, Pólo Fortim, Pólo Infantil e o Encontro de Maracatus de Baque Solto enriqueceram a programação da cidade. Subiram aos palcos nomes como Lenine, Alceu Valença, Orquestra Contemporânea de Olinda, Quinteto Violado, Trio Pouca Chinfra, J. Michiles, Eddie e Lucinha Guerra.

PÓLO INFANTIL – No Pólo Infantil o destaque foi dado para a programação diversificada que incluía oficinas de percussão, dança popular, maquiagem artística, bolas com arte, reciclagem com pet e confecção de máscaras. Vários blocos infantis como o “Eu acho é Pouquinho” e o “Patusquinho” fizeram apresentações voltadas para a criançada. Além disso, vários grupos infantis se apresentaram para a garotada como “Alafim Mimi” e “Batuqueiros do Amanhã”. Foram cadastradas com pulseira de identificação 9.620 crianças durante os quatro dias de folia.

PATRIMÔNIO E DECORAÇÃO – De acordo com a Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda, a campanha de preservação do patrimônio realizada durante o Carnaval foi exitosa e não houve registro de qualquer dano aos monumentos protegidos no âmbito do Sítio Histórico.

A decoração que homenageou os 35 anos do Mamulengo Só-Riso conseguiu valorizar o patrimônio cultural de Olinda. Foram envolvidos cerca de 80 trabalhadores na ornamentação da cidade, que coloriram as ladeiras do Sítio Histórico.

SERVIÇOS

ATENDIMENTO MÉDICO – Em 2010, a Secretaria de Saúde de Olinda registrou uma queda de 35% no número de procedimentos médicos nas três unidades municipais de saúde que funcionaram neste carnaval (Serviço de Pronto-Atendimento SPA-Adulto, SPA-Infantil e Policlínica Barros Barreto) e no Hospital Tricentenário, conveniado ao Sistema Único de Saúde. Foram 1.556 procedimentos registrados este ano contra 2.407 em 2009. Os números incluem também os atendimentos das cinco ambulâncias do SAMU/192 Olinda, quatro básicas e uma UTI. Suturas, curativos, drenagens e remoções foram alguns dos procedimentos disponibilizados nos centros de saúde. Nenhum óbito foi registrado pelas unidades.

Mais de 600 mil preservativos foram distribuídos desde a semana pré-carnavalesca até a terça-feira de carnaval. Equipes de Redutores de Danos se revezaram no trabalho de conscientização dos foliões e distribuição de folders e camisinhas.

Durante o carnaval foram realizadas 2.597 inspeções da Vigilância Sanitária, com 295 apreensões e duas notificações. A equipe de profissionais também realizou 3.300 ações educativas e dez análises de água.

Tenda da Cidadania- Carnaval 2010

Atividade cultural na Tenda da Cidadania - Foto: Chico Santiago/Pref.Olinda

POLÍTICAS SOCIAIS – A Secretaria de Desenvolvimento Social desenvolveu um conjunto de ações de prevenção e proteção social a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social e atendimento à mulher.

O Espaço Folia Cidadã, uma iniciativa implantada em 2009 pela Prefeitura de Olinda, foi criada para abrigar os filhos dos comerciantes informais que trabalham nos dias de carnaval. Este ano o local recebeu 170 crianças e adolescentes durante os quatro dias de folia, que se divertiram com atividades recreativas como oficinas da dança, pintura e percussão.

O espaço contou com o suporte de 06 coordenadores, 23 educadores sociais, 01 assistente social, 01 psicóloga, 09 oficineiros, 03 recreadores, 03 cuidadores, 04 motoristas, 12 auxiliares, no horário das 10h às 22h. As ações foram desenvolvidas em parceria com os Conselhos Tutelares de Olinda, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério do Trabalho e Emprego (MPE) e apoio da Guarda Municipal de Olinda e da Polícia Militar de Pernambuco.

SEGURANÇA – Durante a festa de Momo, Olinda recebeu um efetivo de 1.510 homens, entre Polícia Militar e Guarda Municipal, que fizeram a segurança da cidade. De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco, cerca de 122 detenções foram registradas, entre repressão contra pessoa, patrimônio, costumes, socorros e outros, contra 306 no ano de 2009.

A Guarda Municipal de Olinda realizou 561 ações de segurança nos focos de folia, entre elas, prevenção de danos ao patrimônio, auxílio ao cidadão, averiguação de denúncias diversas e apoios a ações de secretarias da Prefeitura de Olinda. A Guarda registrou ainda 38 boletins de ocorrência na Delegacia Virtual, contra 99 no ano de 2009. Foram prestados 987 atendimentos de informação ao turista e recolhidos 1.356 mil documentos perdidos durante o carnaval.

Quem perdeu documentos durante a folia, pode consultar o site www.gmolinda.uniblog.com.br para verificar se está na Guarda Municipal, situada à Rua Siqueira Campos, s/n, no Varadouro, ou pelos telefones: 3429.2947/ 33051153. No caso de habilitação e CLRV com prazo vencido, será enviado para o DETRAN.

DEFESA CIVIL – Nos dias de folia, a Defesa Civil do município trabalhou em regime de prontidão, atendendo as solicitações emergenciais na cidade. O órgão atendeu pelo telefone 0800.2812112.

Segundo o relatório técnico da Defesa Civil, as estruturas se mantiveram intactas, apesar do intenso fluxo de foliões e comerciantes informais no Sítio Histórico. Nenhum acidente foi registrado. O pluviômetro de Olinda, localizado no bairro de Ouro Preto, marcou 6.1 milímetros do dia 13 até o dia 17 de fevereiro.

LIMPEZA URBANA – A Prefeitura de Olinda preparou um esquema especial de limpeza para a folia de Momo. Como nos anos anteriores, o Departamento de Limpeza Urbana realizou serviços de varrição, lavagem, remoção e coleta por todo o Sítio Histórico e Pólos de Animação.

Foram recolhidas aproximadamente 266 toneladas de lixo do sábado de Zé Pereira até a terça-feira de Carnaval (16). Os números referem-se à coleta feita no Sítio Histórico. A DLU utilizou 330 mil litros de água, 175 litros de produtos biológicos biodegradadores para eliminação de odores e aproximadamente 3 mil litros de essência concentrada de eucalipto para a lavagem das ruas que fizeram parte do circuito do Carnaval 2010.

Em média, a ação envolveu por dia 284 garis e outros 39 profissionais da Secretaria de Obras e Serviços Públicos. Foram disponibilizados diariamente uma média de 13 veículos coletores e oito caminhões pipa. Um total de 210 cabines sanitárias foram instaladas no Sítio Histórico. Para realizar a supervisão dos banheiros públicos, uma equipe de 28 pessoas trabalhou durante a Folia de Momo. Já a higienização e desodorização foi realizada por 71 pessoas, que utilizaram 290 litros de produtos biológicos biodegradadores para eliminação de odores.

FISCALIZAÇÃO SOM ELETRÔNICO – A Secretaria de Assuntos Jurídicos e Defesa da Cidadania montou um esquema especial para atender as denúncias da utilização de aparelho sonoro acima do limite permitido pela legislação municipal (5.306/2001). Uma equipe de 15 servidores municipais, com reforço da guarda Municipal, Polícia Militar, Secretaria Executiva de Controle Urbano, ficaram de plantão na secretaria para atender todas as denúncias durante os quatro dias de folia momesca.  Foram lavrados 16 autos de intimação, mas não houve necessidade de aplicação de multa.

TRÂNSITO E TRANSPORTE – A Linha da Folia mais uma vez se consolida como meio de conforto, mobilidade e acessibilidade aos foliões no Carnaval de Olinda. Este ano, com a mudança do estacionamento para o espaço Memorial Arcoverde, os foliões que estacionaram seus veículos naquele local se deslocaram sem problemas até o foco da animação, na Praça do Carmo. Foram transportados 17.600 mil passageiros durante os quatro dias de Carnaval, com um total de 8.230 carros estacionados. A Secretaria de Transporte, Controle Urbano e Ambiental colocou seis ônibus à disposição para esse serviço, o que agilizou o transporte das pessoas. Foram realizadas 565 viagens de ida e volta.

Ainda foram registrados 08 acidentes, nenhum com vítima fatal, representando uma redução em mais de 50% em relação aos números de 2009. Foram lavradas 213 multas, com foco principal na documentação irregular.

A retirada dos bloqueios será realizada até as 14h da Quarta-Feira de Cinzas.

CONTROLE URBANO E AMBIENTAL – Com 386 agentes do Controle Urbano de Olinda, foi combatida a comercialização de ambulantes clandestinos e irregulares nos pólos e corredores de folia. Foram realizadas apreensões de produtos de outras marcas, isopores, carroças, mesas, entre outros. Todos os palcos e os pólos foram fiscalizados na semana pré-carnavalesca e inspecionados durante o Carnaval.

TURISMO – De acordo com a Secretaria de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia, foram ocupados cerca de 98% dos leitos disponíveis na rede hoteleira de Olinda. Aproximadamente, 1,5 milhão de foliões visitaram a cidade durante os quatro dias de Carnaval. Destes, 70 mil eram turistas.

Lambe-lambe - Carnaval 2010

Foliãs participam do Lambe-lambe - Foto: Chico Atanásio/Pref.Olinda

Quem passou por Olinda e fez o registro fotográfico no Projeto Lambe-Lambe, poderá conferir as mais de duas mil fotos feitas de foliões no endereço eletrônico http://carnaval.olinda.pe.gov.br/lambe-lambe-carnaval-2010.

%d blogueiros gostam disto: