Notícias

Olinda é bem representada no 14º Fórum Metropolitano de Educação de Jovens e Adultos

Vinte representantes, entre professores e alunos, e equipe técnica do EJA Olinda esteve presente, no evento, que abarcou com tema os desafios da Educação Popular

Publicado por: Secom, em: 29/07/14 às 15:04
14º Fórum Metropolitano de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Fotos: Secretaria de Educação.

A assistente técnica da Divisão de Jovens e Adultos de Olinda, Maria do Carmo Pontes representou o município 14º Fórum Metropolitano de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Foto: Secretaria de Educação.

Na última sexta-feira (25), ocorreu o 14º Fórum Metropolitano de Educação de Jovens e Adultos (EJA) que contemplou tema “Educação popular e EJA: possibilidades, desafios e perspectivas”. Oevento, que foi realizado no Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, situado no bairro da Torre, no Recife, recebeu a participação de representantes de mais de dez municípios, dentre eles, Jaboatão, Camaragibe, Recife e Cabo, totalizando cerca de 150 presentes. A assistente técnica da Divisão de Jovens e Adultos de Olinda, Maria do Carmo Pontes, que faz parte da coordenação do Fórum, representou o município juntamente à equipe técnica do EJA e 20 delegados do município, dentre professores e alunos.

Sob a proposta de discutir políticas públicas para jovens e adultos em um ambiente democrático que proporcione a troca de informações e experiências, o 14º Fórum Metropolitano reuniu professores, alunos e gestores EJA durante os turnos da tarde e da noite. Lá, eles foram distribuídos em uma dinâmica de quatro grupos de trabalho que trabalharam temas como educação Popular, profissional e inclusiva. “Através dos Fóruns, obtivemos muitas conquistas como é o caso dos livros didáticos. Nossa contribuição como militantes é, justamente, realizar discussões para melhoria das modalidades do EJA de modo que essa reflexão possa contribuir para a formação dos professores”, explica Maria do Carmo Pontes.

O aluno Everton Nascimento, na oportunidade, deu depoimento a respeito da importância do EJA na vida dele. “O EJA contribui bastante para a minha formação como cidadão e me ajudado a obter um olhar crítico sobre a realidade”, diz ele.

EJA

O EJA é uma modalidade do ensino que propõe e disponibiliza o enfrentamento ao analfabetismo e subescolarização de jovens e adultos. Em Olinda, são 2.700 alunos matriculados e 124 professores atuantes do nível 1 ao 5º que abarcam desde a alfabetização até o 8º ano.

Veja mais

%d blogueiros gostam disto: