Notícias

Olinda é beneficiada com projeto para estudantes da rede municipal

Iniciativa foi desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia da Educação (NTE) da Secretaria de Educação, em parceria com Fundação Lemann, Associação Bem Comum e Sincroniza Educação

Publicado por: Redação da Secom, em: 09/06/21 às 17:38

Pattricia Viviane

A partir de hoje, professores e estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede de Ensino de Olinda passam a contar com o aplicativo Educ@olinda, um aplicativo que proporcionará o desenvolvimento de atividades pedagógicas remotas, por meio da utilização de ferramentas digitais sem que haja qualquer ônus para estudantes e docentes dos anos iniciais do Ensino Fundamental.

O pacote de dados de internet, de acordo com o Secretário de Educação, Paulo Roberto Souza Silva, será custeado durante todo o ano de 2021 por parceiros como a Fundação Lemann, Associação Bem Comum, Programa Educar pra Valer e Sincroniza Educação. Neste sentido, o projeto ampliará o alcance das plataformas educacionais pré-existentes; alcançará os estudantes mais carentes, cujas realidades sociais os impedem de manter um plano de dados, para acesso ao conteúdo educacional da rede.

Para apresentar a novidade, a Secretaria Municipal de Educação de Olinda fez o lançamento do aplicativo através de um evento on-line, transmitido no canal no YouTube.  A live contou com a participação dos parceiros do Projeto, além de representantes da gestão municipal, Secretário Municipal e executivos da Educação. Também estiveram conectados a live, professores do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, diretores, vices diretores, coordenadores pedagógicos e assistentes técnicos.

O software Educ@Olinda foi todo desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, através do Núcleo de Tecnologia, Comunicação e Idiomas (NTECI) para que professores e estudantes possam interagir nas trilhas de aprendizagem formativas, atividades de sala de aula e acessar conteúdos encaminhados pelo educador, entre outras opções que ajudarão a dinamizar o ensino remoto.  O aplicativo está disponível na Play Store. Para ser baixado é necessário que o primeiro acesso seja através de uma rede de Wi-fi ou utilizando os dados móveis. Depois não será mais necessário ter conexão wi-fi ou dados móveis. O acesso será feito através da matrícula e senha do estudante e professor.  O aplicativo beneficiará 15.676 mil estudantes  anos iniciais do Ensino Fundamental matriculados na Rede.

Núcleo de Tecnologia, Comunicação e Idiomas (NTECI) – Ao garantir a continuidade do processo de ensino e aprendizagem da Rede Municipal de Ensino de Olinda, a Secretaria de Educação, através do sua Divisão de Tecnologias Educacionais vem desenvolvendo diferentes ferramentas pedagógicas há mais de um ano de ensino remoto, o que foi fundamental para a fortificação do ensino.

A implantação das estratégias tem servido de exemplo, entre trocas de experiência foi avaliada por estudos nacionais realizada pela Fundação Lemann como uma das mais positivas, feita de forma responsável e cuidadosa para que o estudante não perdesse o vínculo com a escola. “Nada substitui a relação presencial entre aluno e professor, entretanto, neste momento de isolamento social, gestores, educadores, alunos e comunidades escolares vêm se reinventando para que, mesmo com a distância física, essa relação seja fortalecida”, pontuou o secretário de Educação de Olinda, Paulo Roberto Souza Silva.

%d blogueiros gostam disto: