Notícias

Olinda é referência mundial na preservação do patrimônio segundo superintendente do Iphan

Atualmente, a cidade tem 33 projetos encaminhados para aprovação dentro do PAC Cidades Históricas

Publicado por: Secom, em: 26/04/13 às 14:45
Olinda não corre risco de perder título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, concedido pela UNESCO. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Olinda não corre risco de perder título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, concedido pela UNESCO. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Depois da notícia do risco da Cidade de Olinda perder o título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, dado pela UNESCO em 1982, de acordo com ofício enviado pelo Ministério Público de Contas, o secretário de Patrimônio e Cultura Lucilo Varejão, junto com a ex-secretária de Patrimônio e Cultura, e atual secretária de Educação Márcia Souto, a secretária executiva de Patrimônio Cláudia Rodrigues, e o superintendente do Iphan, Frederico Almeida, estiveram reunidos para reiterar o fato de que esse risco não existe.

Segundo o superintendente do Iphan, Frederico Almeida, Olinda é atualmente uma referência mundial em conservação do patrimônio. “Há mais de 20 anos, a cidade passou por momentos difíceis e chegou a sofrer um procedimento do Ministério Público Federal. Mas Olinda melhorou muito. Inclusive, vem consolidando a situação de patrimônio cultural da humanidade”. Ele afirmou ainda que o Iphan não foi consultado com relação ao ofício do MPCO. “Se tivéssemos sido questionados, não iríamos concordar com o envio“, disse.

A Prefeitura de Olinda confirmou ter recebido o último relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em novembro de 2012. “Não havia prazo para responder o relatório. E se tratavam de recomendações, de sugestões”, explicou Márcia Souto, atual secretária de Educação e secretária de Patrimônio e Cultura entre os anos de 2006 e 2012. De acordo com ela, das 18 recomendações feitas anteriormente, em 2006, apenas seis estão pendentes.

Ações

Segundo a secretária-executiva de Patrimônio, Cláudia Rodrigues, em janeiro deste ano, a Prefeitura de Olinda transferiu o controle urbano para a Secretaria de Patrimônio e Cultura. Atualmente, a cidade tem 33 projetos encaminhados para aprovação dentro do PAC Cidades Históricas, incluindo um de revitalização das bicas. Foi reformulado o sistema de preservação, como um plano de educação patrimonial e um fundo regulamentado, além de programas de financiamento para reformas.

Veja mais

%d blogueiros gostam disto: