Notícias

Olinda faz cadastramento de pessoas em situação de rua para incrementar assistência social

Levantamento, que já é realizado durante o dia, foi ampliado para o período da noite com o objetivo de traçar o perfil dos moradores de rua

Publicado por: Redação da Secom, em: 06/09/18 às 14:19

A equipe de acolhimento da assistência social faz o levantamento noite a dentro. Foto: divulgação

Durante este mês de setembro, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda fará um levantamento do perfil das pessoas em situação de rua no município. A ação está sendo realizada das 18h à 0h, todos os dias da semana, através da Secretaria Executiva de Assistência Social. A atividade é uma ampliação de um trabalho de rotina realizado durante a manhã, no entanto, foi identificada a necessidade de realizar uma investida em outro turno.

O levantamento começou no dia 1º deste mês e segue até o dia 30. Informações como sexo, idade, raça, se tem filhos e um breve histórico das pessoas em situação de rua são colhidas pela equipe de abordagem. São visitados pontos como praças, terminais de ônibus, entorno de bares e áreas comerciais, locais onde há maior concentração de indivíduos em vulnerabilidade.

Os trabalhos estão divididos da seguinte forma: nas sextas, sábados e domingos deste mês de setembro, as atividades se concentram no Sítio Histórico de Olinda. Já de segunda a quinta-feira as equipes percorrem outros bairros da cidade.

Após o levantamento a Prefeitura de Olinda pretende estudar novas ações de atenção aos indivíduos em situação de rua. Uma das medidas imediatas seria a ampliação da rede de acolhimento, que hoje se resume a 20 vagas numa casa localizada no bairro de Jardim Atlântico.

ESTRATÉGIA – A proposta de ampliar o recolhimento de dados acerca das pessoas em situação de rua surgiu depois de uma recomendação do Ministério Público do Trabalho para fiscalizar o trabalho infantil em Olinda. Com a necessidade de colocar a equipe de assistência social nas ruas no período noturno, a gestão municipal decidiu dividir a equipe para atuar nas duas frentes de trabalho, reduzindo os custos gerados aos cofres municipais.

%d blogueiros gostam disto: