Notícias

Olinda inicia higienização dos ônibus no enfrentamento do COVID-19

Equipes estarão diariamente realizando a ação preventiva nos Terminais Integrados de Xambá e Rio Doce

Publicado por: Ariadny Correia, em: 17/03/20 às 17:19

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para enfrentar o COVID-19, em Olinda, a Secretaria de Saúde, em parceria com a de Transportes e Trânsito do município, deu início nesta terça-feira (17.3) a ação preventiva de higienização nos ônibus que circulam nos Terminais Integrados (TI) de Xambá e Rio Doce. A atividade, que tem como finalidade reduzir a possibilidade de transmissão do novo coronavírus entre os usuários do transporte público, conta com 100 profissionais capacitados para a limpeza dos ônibus.

A secretária de Saúde da cidade, Luciana Lopes, destacou a medida preventiva aos passageiros que circulam pelo município. “Cumprindo uma solicitação do prefeito, Professor Lupércio, iniciamos esse trabalho com a contratação e capacitação dos profissionais. Eles utilizam luvas, máscaras e álcool 70% nesse trabalho de higienização”, enfatizou.

Logo às 6h, uma equipe composta por 50 profissionais da área de serviços gerais, esteve no terminal de Rio Doce realizando a higienização dos assentos, corrimões e volantes dos coletivos. No período da tarde, outros 50 profissionais realizaram o mesmo trabalho no terminal de Xambá. Inicialmente, a medida será executada nesses locais por três meses, sempre em dois turnos: das 6h às 14h e das 14h às 22h.

“Essa atitude de higienizar os ônibus está sendo muito importante, pois ajuda a combater a proliferação dessa doença”, disse a dona de casa, Maria da Conceição Silva.

Apenas no primeiro dia, no terminal de Rio Doce, 170 veículos passarão pelo processo de limpeza. Enquanto no terminal de Xambá, serão mais 158 ônibus. O secretário de Transportes e Trânsito da cidade, Jonas Ribeiro, afirma a importância da iniciativa, já que muitos olindenses usam os transportes. “A ação é pertinente, pois no terminal de Rio Doce funcionam 11 linhas e circulam aproximadamente 10 mil pessoas diariamente. Já em Xambá, são 18 linhas e quase 70 mil pessoas circulando diariamente”, enfatizou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: