Notícias

Olinda investe na formação dos gestores escolares

O curso é uma continuidade do processo eleitoral do ano passado e tem a proposta de orientar os candidatos à sobre os conceitos que envolvem a gestão de uma unidade de ensino

Publicado por: Secom, em: 28/05/15 às 16:09

estudo-portal-facebook-eleição-gestores-escolares-28-05-15(1)Até o dia 6 de junho, candidatos à direção e vice-direção de cinco escolas de Olinda estarão participando de um curso específico para gestores escolares. O curso compõe a primeira etapa do processo eleitoral das escolas do município, em 2015. É a primeira vez que Olinda oferece um curso voltado para quem estará à frente das direções das unidades escolares. O processo eleitoral de 2015 é uma continuidade do que ocorreu no ano passado, abarcando as escolas que não haviam participado das eleições.

“O curso para gestores escolares é um direito de todos os candidatos a diretores e vices das escolas e vem suprir a necessidade de resolução de dúvidas a respeito da administração de uma unidade escolar. Profissionais especializados estão à frente desta formação que garante uma base para o início das futuras gestões”, explica o secretário de Educação em exercício de Olinda, André Cândido.

Técnicos da Educação das redes municipal e estadual ministrarão o curso para sete chapas candidatas. O curso tem a proposta de auxiliar os futuros diretores a gerir as unidades escolares às quais estarão à frente juntamente à Secretaria de Educação do município. Ele aborda temas como as dimensões da gestão, base legal para uma administração escolar e orientações para a construção do Plano de Gestão, projeto que deverá ser elaborado e apresentado por cada chapa para suas respectivas comunidades escolares, na próxima etapa do processo eleitoral.

“A oferta do curso para candidatos à função de gestor escolar é um marco na história da Educação do município. É a primeira vez que o dirigente escolar recebe uma formação específica antes mesmo de exercer a função. A escola pública, hoje, é dotada de uma série de programas e ações que demandam conhecimentos específicos para a atuação do gestor. Compreendemos que ao antecipar o acesso aos aspectos necessários à gestão, mais eficiente será a atuação dos gestores eleitos”, diz a chefe do Departamento de Gestão Escolar, Lyza Gennifer M. de Barros.

%d blogueiros gostam disto: