Notícias

Olinda lança convocatória pública para o Ciclo Artístico e Cultural 2023

Inscrições on-line seguem abertas, no período de 1º de novembro a 1º de dezembro, contemplando diversas categorias

Publicado por: Redação da Secom, em: 03/11/22 às 16:31

A Prefeitura de Olinda, por meio da Secretaria de Patrimônio, Cultura e Turismo, lança a convocatória para o Ciclo Artístico e Cultural de Olinda 2023. Conforme publicação no Diário Oficial, a iniciativa promove a seleção de propostas de atividades, em diversas modalidades e categorias, para compor o calendário regular de apresentações no município no ano vindouro. As inscrições seguem até o dia 1º de dezembro e devem ser realizadas, exclusivamente, por meio digital. Os interessados podem acessar o portal cultura.olinda.pe.gov.br, onde consta o edital com todas as informações necessárias para a participação. As atividades buscam a valorização da cultura olindense e seus artistas, além da geração de renda e movimentação da economia.

Poderão participar da seleção, pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, de natureza cultural, com ou sem fins econômicos, respeitando os dispostos legais. Para comprovação, os representantes das atrações artísticas, sendo individuais, grupos ou agremiações, devem apresentar histórico, registros como links de vídeos, com duração mínima de cinco minutos; fotos de apresentações/ensaios; material gráfico; declarações de associações de classe/moradores; entre outros documentos. Os recursos para contratação dos artistas selecionados vão decorrer da dotação própria de orçamento do Município de Olinda.

De acordo com a organização, a convocatória assinala a nova perspectiva de valorização das atividades culturais na cidade, garantindo a transparência, isonomia e a ampla participação da cadeia cultural. Nos critérios de análise, estarão a representatividade e reconhecimento popular, histórico e qualidade artística.

Entre as categorias, que incluem todo o período carnavalesco de 2023, com troças, blocos, agremiações e afins, estarão também grupos de quadrilha junina; afoxé; bacamarteiros; bandas; blocos afro, de samba ou de pau e corda; boi; caboclinhos; cavalo marinho; clubes de frevo; coquistas; emboladores; escolas de samba, grupos de dança; mamulengos; performistas; repentistas; maracatus; xaxado; reisados; orquestras, entre muitos outros.

 

 

Skip to content