Notícias

Olinda participa de pesquisa de desenvolvimento de vacina contra a dengue no Brasil

Durante projeto, em parceria com Ministério de Saúde, será colhido o sangue de voluntários em 20 unidades de saúde

Publicado por: adminolinda, em: 16/09/15 às 18:35

Olinda ajudando o Brasil na vacina contra a Dengue

A Secretaria de Saúde de Olinda iniciou na manhã de hoje (16), em 20 unidades de saúde do município, um inquérito sorológico que visa coletar sangue de voluntários, para a realização da dosagem de Dengue IGG. O objetivo da ação faz parte de um projeto de pesquisa do Ministério da Saúde, que propõe determinar a melhor estratégia para a introdução da vacina contra a dengue no Brasil.

Para se ter uma ideia, Olinda foi selecionada dentre os 62 municípios para nova etapa de introdução da vacina, para indicar a faixa etária em que a imunização será administrada. O laboratório Hermes Pardini será o responsável pelas coletas no município. Em Pernambuco, apenas duas cidades foram escolhidas (Olinda e Garanhuns) por apresentarem requisitos favoráveis, em tempo hábil, para a realização da pesquisa.

A pesquisa visa caracterizar a dinâmica de transmissão, da morbimortalidade e das respostas imunes às diferentes formas clínicas da fase aguda da dengue, com definição da melhor estratégia para introdução da vacina contra a Dengue na população.

O procedimento propriamente dito é coletar 3,5 ml de sangue, previsto para um total de 1.002 amostras, que serão feitas em pessoas denominadas clientes potenciais, com idades entre 1 e 20 anos. A logística para a coleta da amostra, tem início no momento do atendimento na recepção, identificando o cliente se é potencial para o Projeto de Pesquisa.

Todas as amostras devem ser coletadas em tubos com gel separador, fornecidos pelo Laboratório Hermes Pardini. Os tubos devem ser preenchidos de acordo com o volume de aspiração indicado. Após a coleta, o tubo deverá ser centrifugado para obtenção do laboratório responsável pela pesquisa.

%d blogueiros gostam disto: