Notícias

Olinda recebe curso de conservação de acervos documentais

O objetivo principal do curso também é o de capacitar pessoas envolvidas no tratamento de acervos de instituições como museus, arquivos e bibliotecas para melhoria das condições de conservação de seus acervos

Publicado por: adminolinda, em: 07/05/12 às 10:28
Abertura do Curso de conservação de acervos documentais com Lêda Alves, Presidenta da CEPE (Companhia Editora de Pernambuco). Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Abertura do Curso de conservação de acervos documentais com Lêda Alves, Presidenta da CEPE (Companhia Editora de Pernambuco). Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Uma cidade histórica como Olinda tem parte do seu passado preservado em livros, documentos, mapas e cartas. E para que este passado permaneça sempre presente, é necessário não apenas pensar nesta importância histórica, mas saber preservar tal patrimônio escrito. Com este objetivo, a Companhia Editora de Pernambuco – CEPE realiza, em parceria com a Prefeitura de Olinda, o curso de conservação de acervos documentais, artísticos e bibliográficos. A primeira aula aconteceu nesta segunda-feira, dia 07 de maio.

Esta é a quinta edição do curso, que nos anos de 2009 e 2010 aconteceu em Recife, Caruaru e Salgueiro. “A escolha por Olinda para sediar este encontro é mais do que justa pela grande herança histórica das suas publicações. O arquivo público da cidade, as bibliotecas, as igrejas são espaços que guardam estas riquezas”, explica a idealizadora do curso, Lêda Álves. Para ela, a grande importância dos encontros é alertar para a preservação das relíquias escritas.

O objetivo principal do curso também é o de capacitar pessoas envolvidas no tratamento de acervos de instituições como museus, arquivos e bibliotecas para melhoria das condições de conservação de seus acervos. O curso, que acontece no Arquivo Público de Olinda, tem duração de três semanas, de 7 a 25 de maio, e acontece de segunda a sexta no horário de 8 às 12h (1ª semana) e de 8 às 12h e 14 às 18h nos demais módulos.

Além de funcionários de Olinda que trabalham no arquivo público e bibliotecas, assim como representantes das igrejas da cidade e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – seção Pernambuco – IPHAN, os municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista e Itamaracá participam do curso.

O primeiro módulo trata de Conservação Preventiva, que proporciona uma visão geral sobre acervos artísticos e documentais e os modos de defendê-los das agressões naturais ou não. Os módulos 2 – Papel e 3 – Livros detalham as questões relativas à conservação destas duas tipologias de acervo que representam, dos pontos de vista quantitativo e qualitativo, importantes segmentos do nosso patrimônio cultural.

%d blogueiros gostam disto: