Notícias

Olinda transfere pacientes de longa permanência para residência terapêutica em Carpina

Medida faz parte do Plano Nacional de Saúde Mental, buscando fortalecer laços familiares

Publicado por: Redação da Secom, em: 29/05/20 às 15:20

Com informações de Pedro Morais

A Coordenação da Saúde Mental de Olinda transferiu, na tarde dessa quinta-feira (28.05), mais seis pacientes de Longa Permanência para uma Residência Terapêutica, localizada no município de Carpina, na Zona da Mata Norte. Eles estavam internados na Comunidade Terapêutica Olinda (CTO), no bairro de Guadalupe e integram o plano, executado no município, com o objetivo de oferecer o melhor acolhimento.

A ação segue as orientações da Política Nacional da Saúde Mental, conforme a Lei 10.216. Os pacientes estáveis foram transferidos para um Serviço Residencial Terapêutico (moradia assistida). O enfoque está no fortalecimento e aproximação das relações com os familiares.

A coordenadora da Saúde Mental de Olinda, Cintia Mota, explica o processo. “Em março deste ano, transferimos nove pacientes para uma RT de Olinda e, hoje, cumprindo esse protocolo municipal estamos encaminhando seis pacientes para Carpina, totalizando 15 pacientes transferidos para as Residências Terapêuticas” informou. Segundo ela, apenas este ano, já foram transferidos15 pacientes, devendo continuar com este cronograma.

As Residências Terapêuticas são locais de moradia destinados às pessoas com transtornos mentais, que permaneceram em longas internações psiquiátricas e estão impossibilitadas de retornar às suas famílias de origem.

%d blogueiros gostam disto: