Notícias

Pinte Seu Patrimônio recebe maior prêmio de preservação patrimonial do Brasil

A 32º edição do Rodrigo Melo Franco de Andrade foi entregue no Rio de Janeiro

Publicado por: Marcos Oliveira, em: 06/12/19 às 10:26

O Projeto Pinte Seu Patrimônio, da Prefeitura de Olinda, foi vencedor da 32º edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A premiação é considerada a maior do patrimônio cultural brasileiro e foi entregue nesta quinta-feira (05.12), no Rio de Janeiro, com a presença do vice-prefeito, Márcio Botelho, e da secretária executiva de Patrimônio, Ana Cláudia Fonseca.

Um título que valoriza ainda mais uma das prioridades da atual gestão da Prefeitura, que investe e incentiva a preservação do Sítio Histórico, como destaca Márcio Botelho. “O prefeito, Professor Lupércio, definiu desde o primeiro momento o resgate do nosso orgulho olindense, da nossa cultura. O nosso projeto representa muito bem isso”, afirmou.

Iniciado em 2017, o Pinte Seu Patrimônio é realizado em parceria com os próprios moradores, que adquirem os insumos necessários para execução do serviço e contam com o apoio do poder público, incluindo o auxílio de engenheiros e arquitetos. Dando mais vida em cores para o Sítio Histórico.

Ana Cláudia Fonseca explica também o lado social do projeto, pois conta com a mão de obra de reeducandos. O convênio com o Governo do Estado de Pernambuco, por meio do Programa de Patronato, encaminha ao mercado de trabalho e, como um gesto de confiança e credibilidade, contribui com o não retorno à vida pregressa.

Segundo parecer da Comissão Nacional de Avaliação do Prêmio Rodrigo, o projeto destaca-se por sua abrangência urbana, pela estrutura e sistematização de sua gestão e pelo envolvimento de um grupo social em permanente risco de marginalização, oferecendo-lhe capacitação, recuperação e integração ao  mercado de trabalho. A ação também preocupa-se em envolver os moradores da região, contribuindo para o resgate de um saber-fazer tradicional e para a conscientização do cidadão no processo de defesa do Patrimônio Cultural.

%d blogueiros gostam disto: