Notícias

Policlínica da Mulher de Olinda recebe título Unidade Livre do Fumo

Evento contou com lançamento do primeiro grupo de tratamento para as mulheres e reunião da Rede de Mulheres de Olinda

Publicado por: adminolinda, em: 07/09/10 às 16:56
Gerente da unidade Marilda Gouveia (C), ladeada do prefeito Renildo Calheiros. Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Gerente da unidade Marilda Gouveia (centro), recebe o título das mãos do prefeito Renildo Calheiros. Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Quinta-feira (2), às 10h, uma solenidade marcou a entrega do título de Unidade de Saúde 100% Livre de Fumo à Policlínica da Mulher de Olinda, situada na Avenida Getúlio Vargas, 1059, bairro Novo. O evento, que fez parte da programação do Dia de Combate ao Fumo, comemorado domingo (29/8), teve a presença do prefeito do município, Renildo Calheiros, e da secretária de Saúde, Dra Tereza Miranda.

Também marcou presença ao evento, o assessor técnico em Controle do Tabagismo da Unidade de Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/BRASIL), Dr. Glauco Oliveira, da coordenadora do Programa Nacional de Controle do Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer (INCA/MS), Valéria Cunha, e da diretora de Relações Institucionais da Aliança de Controle do Tabagismo no Brasil – ACTBr, Daniela Guedes.

Na programação também houve o lançamento do primeiro grupo de tratamento do tabagismo exclusivo para mulheres de Olinda; bem como a primeira reunião ampliada e festiva da Rede de Mulheres de Olinda para o Controle do Tabagismo (lançada em maio deste ano por ocasião do Dia Mundial Sem Fumar); e uma apresentação do grupo de teatro popular do Núcleo de educação Permanente em Saúde de Olinda – NEPS.

Vale ressaltar, que a Rede de Mulheres de Olinda para o Controle do Tabagismo faz parte da Rede Internacional de Mulheres contra o Tabaco – INWAT (International Network of Women Against Tobacco), que possui mais de 1.600 membros, em 100 países. O trabalho da Rede visa a eliminação do uso e exposição ao tabaco entre as mulheres, tendo sido fundada em 1990, por lideranças femininas em controle do tabagismo, para direcionar questões relevantes do uso do tabaco entre mulheres adultas e jovens.

O objetivo da INWAT é promover um espaço de discussão entre temas de gênero e tabaco na região; compartilhar experiências e lições aprendidas no campo da advocacy, pesquisa e legislação necessárias para a elaboração de estratégias de controle do tabagismo específicas em relação a gênero; e facilitar a capacitação e a liderança das mulheres no desenvolvimento de programas e políticas de controle de tabaco.

Seminário sobre tabagismo reúne equipe da Vigilância Sanitária de Olinda

Dando continuidade ao evento, a partir das 14h30, aconteceu no auditório da Policlínica João Barros Barreto, Carmo, o II Seminário de Atualização sobre Tabagismo destinada à equipe da Vigilância Sanitária municipal. O tema proposto foi Ampliando o olhar da Vigilância em Saúde – a Vigilância Sanitária e o Controle do Tabagismo.

Ministrou palestra o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho da 6ª Região Pernambuco, Dr. Fábio André de Farias, que comentou sobre a responsabilidade dos empregadores em promover a adoção da implementação de Ambientes 100% Livre do Fumo; o especialista em Regulação e Controle do Tabagismo – ANVISA – Dr. Michael Maranhão Bodstein, falou sobre Panorama da Rede de Vigilâncias Sanitárias para o Controle do Tabagismo no Brasil; e o diretor geral da Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba (AGEVISA), Molina Rodriguez, trouxe a temática O Papel da Vigilância Sanitária no Controle do Tabagismo; finalizando, o assessor jurídico da VISA de Olinda, Aldem Johnston, comentou sobre a Experiência da Vigilância Sanitária de Olinda no Controle do Tabagismo.

%d blogueiros gostam disto: