Notícias

Potencial artístico de estudantes vai compor carnê do IPTU de Olinda

Concurso irá escolher slogans e desenhos sobre a importância do tributo para a cidade

Publicado por: Redação da Secom, em: 24/10/18 às 14:38

Fotos: Thiago Bunzen/ Prefeitura de Olinda

A criatividade dos estudantes de Olinda irá estampar a capa do próximo carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A expressão do potencial artístico da garotada será traduzida em slogans e desenhos, que irão integrar a o Concurso Cultural IPTU 2019. A iniciativa é fruto de uma parceria das secretarias da Fazenda e Administração e de Educação, Esportes e Juventude. As peças vencedoras também serão divulgadas em outdoors, e os alunos premiados.

Durante o lançamento, nesta terça-feira (23.10), na Escola Municipal Izaulina de Castro e Silva, em Ouro Preto, o prefeito Professor Lupércio  pontuou os serviços prestados pela prefeitura, através do dinheiro arrecadado com o IPTU e falou da importância do zelo com a cidade. “Temos em Olinda 27 canais e muito deles, encontramos pessoas jogando camas, aparelhos de TV, fogão e até restos de geladeiras. Como pode um canal que recebe dejetos e suportar esse descarte? O que entope as galerias e provoca alagamentos. É importante que nossos estudantes sejam multiplicadores de informações em não jogar entulhos nas ruas”. O gestor também ressaltou que o carro de lixo tem passado de forma regular nos bairros.

Para a secretária da Fazenda, Maria do Carmo Barbosa, o concurso é um projeto que foi criado em 2017 e muito bem recebido pelos estudantes. “Observamos que foi uma maneira muito positiva da garotada participar de algo da nossa história. O uso de um desenho e uma frase dos próprios alunos já é um motivo de incentivo para que eles sintam-se cada vez mais participativos”, enfatizou.

Segundo ela, depois do primeiro concurso houve uma atitude voluntária dos próprios pais dos alunos em procurar a Secretaria da Fazenda. De acordo com a secretária, a demanda espontânea dos contribuintes, em grande parte, é reflexo do projeto cultural em pagar o IPTU porque o filho falou que o dinheiro que o pai paga do IPTU é revertido pra eles mesmos, para população.

Maria Clara Marques da Silva, 11anos, atenta as explicações do concurso diz que já tem muitas ideias para colocar no papel e já sonha em ganhar o tablet.

De acordo com a chefe do Departamento da Educação Básica da Secretaria Executiva de Programas e Políticas Educacionais, Selma Melo, 45 escolas participaram do concurso cultural na primeira edição, envolvendo  crianças de sete anos a adolescentes até 14 anos. “A expectativa é que o numero de participação dos estudantes no concurso aumente, pois notamos que a premiação fica cada vez mais atraente”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: