Notícias

Prefeito Renildo visita obras em Jardim Brasil

O prefeito de Olinda conversou com os moradores sobre as obras e tirou suas dúvidas. Mais 3500 residências serão beneficiadas com pavimentação, esgotamento sanitário, rede de drenagem e iluminação

Publicado por: Secom, em: 11/10/13 às 15:09
Serão investidos R$ 65 milhões em urbanização integrada, que contemplará mais 57 ruas do bairro. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

Serão investidos R$ 65 milhões em urbanização integrada, que contemplará mais 57 ruas do bairro. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

O prefeito Renildo Calheiros esteve nesta sexta-feira, 11, em Jardim Brasil, com a secretária de Obras, Hilda Gomes, a deputada federal Luciana Santos (PCdoB), técnicos e engenheiros para conversar com a população sobre o retorno das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), assim como, para dar início às obras do PAC II, onde serão investidos R$ 65 milhões em urbanização integrada, que contemplará mais 57 ruas do bairro.

Na ocasião, Renildo explicou aos moradores que as obras do PAC atrasaram por que foi preciso realizar uma nova licitação, já que a empresa Delta, que era a responsável pelas intervenções, teve de ser substituída. Renildo também disse que aguardou o fim do inverno para reiniciá-las, para que as chuvas não atrapalhassem mais uma vez o andamento dos trabalhos.

Com as intervenções do PAC II, que tiveram início hoje, mais 3500 residências serão beneficiadas com pavimentação, esgotamento sanitário, rede de drenagem, iluminação e mais duas estações elevatórias, formando um total de cinco novas estações no bairro. Com o objetivo de ouvir a opinião dos moradores em relação às obras, uma pesquisa está sendo realizada de porta em porta, para identificar principalmente as reclamações e sugestões para a obra.

O prefeito conversou com os moradores sobre as obras e tirou suas dúvidas. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

O prefeito conversou com os moradores sobre as obras e tirou suas dúvidas. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

A pesquisa também quer mapear as necessidades dos moradores, especialmente no que diz respeito à questão da acessibilidade, já que algumas ruas poderão ser fechadas. “Queremos dar um tratamento individual a cada morador, abordando suas perspectivas e sugestões”, afirmou Enisson Hipólito, secretário executivo de Urbanização Integrada, que também esteve presente na ação. Hipólito disse ainda que o levantamento será realizado em 100% das residências que passarão pelas intervenções.

Veja mais

%d blogueiros gostam disto: