Notícias

Prefeitura de Olinda abre Grupo de Trabalho de Educação Patrimonial

Olinda é o primeiro município pernambucano a instituir grupo para desenvolver um plano de ação para formação de técnicos

Publicado por: adminolinda, em: 31/05/11 às 16:02
Altar do Mosteiro de São Bento. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

Altar do Mosteiro de São Bento. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

Até o final do ano, Olinda terá um plano municipal de educação patrimonial. Esta é a meta do Grupo de Trabalho de Educação Patrimonial, recém criado pela Prefeitura de Olinda, por meio da Secretaria de Patrimônio e Cultura (Sepac). É o 1º município pernambucano a instituir tal grupo para desenvolver um plano de ação patrimonial para formação de técnicos.

Discutir, desenvolver, executar e acompanhar ações voltadas para a Educação Patrimonial e ainda a criação do Programa de Educação são os objetivos do Grupo, registrados por meio de decreto da PMO, que já está em pleno funcionamento. A ação tem seus trabalhos realizados em integração com outras três secretarias: a de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia, a de Educação e a de Orçamento Participativo, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

A instituição do projeto é mais um movimento que a Secretaria de Patrimônio e Cultura vem articulando em prol da preservação do rico patrimônio da cidade, que é tombada pela UNESCO (1982). Neste mesmo mês, o Conselho de Preservação e Patrimônio do Sítio Histórico, órgão vinculado à Sepac, recebeu seus novos integrantes, contando com uma participação mais abrangente de setores da sociedade envolvidos na causa da preservação do nosso patrimônio cultural.

Já em abril deste ano, a PMO firmou convênio com a Faculdades Integradas Barros Melo/AESO para estágios no Laboratório de Preservação do município, investindo, assim, na formação de jovens. Assim, ao final da experiência, os alunos estarão aptos a avaliar o estado de conservação de determinada peça, como também poderão propor uma ação de tratamento.

%d blogueiros gostam disto: