Notícias

Prefeitura de Olinda e agremiações de maracatu se reúnem para discutir sobre ensaios

Polícia Militar também participou do encontro desta sexta-feira (14), na Casa do Turista

Publicado por: Redação da Secom, em: 14/09/18 às 20:17

Fotos: Bruna Costa/ Prefeitura de Olinda

Com o objetivo de trazer mais organização e segurança aos tradicionais ensaios de maracatu realizados aos domingos no Sítio Histórico, a Prefeitura de Olinda, Polícia Militar e representantes dessas agremiações se reuniram nesta sexta-feira (14.09) para discutir melhorias para os artistas e à população da área. O encontro foi realizado na Casa do Turista, nos Quatro Cantos, Carmo.

Duas situações ficaram definidas na reunião: os grupos terão que comunicar, com dez dias de antecedência para os órgãos oficiais, a intenção de realizar o ensaio, com horário e local de preferência. Após avaliação da Prefeitura e PM, a autorização será concedida ou não. Outra novidade é que os ensaios terão hora para concluir suas apresentações, às 18h.

“Nossa intenção é proteger os moradores e os percussivos. O maracatu faz parte da cultura de Olinda, nunca tivemos problemas com esses grupos. Mas infelizmente, após 18h, sempre aparece um grupo que não ‘se alimenta’ de cultura e vem para o Sítio Histórico somente para tumultuar. Sabemos que não é culpa dos grupos”, ressaltou o secretário de Turismo do município, João Luiz.

O discurso foi reforçado pelo comandante da Companhia Independente de Apoio ao Turista, Major Saraiva. “Os grupos de maracatu são tranquilos, mas outros que não tocam este estilo musical atraem um público mais agitado e acaba prejudicando todo mundo. São escalados mais de 100 policiais durante esses ensaios, é uma grande demanda. Terminando às 18h, vamos conseguir inibir essas pessoas que só querem provocar atritos”, comentou o PM.

Do outro lado do debate, a diretora cultural da Associação dos Maracatus de Olinda (AMO), Kátia Paz, ficou satisfeita com o resultado da reunião. “É um dos pontos que até sugerimos para a Secretaria de Turismo, essa organização, um calendário detalhando os dias, horários e locais para cada um trabalhar, sendo divulgado para todos através de uma chamada pública. Os grupos de maracatu nunca trouxeram problemas, todos sabemos disso, e estamos à disposição para ajudar. Ficará bem para todos os lados. Muita gente confunde prévia com os ensaios. Nós queremos apenas ensaiar, prévia é outra coisa”, concluiu.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: