Notícias

Prefeitura de Olinda inicia requalificação da Avenida Pedro Álvares Cabral

Serão feitos serviços de drenagem, pavimentação, acessibilidade, iluminação e nova sinalização de trânsito

Publicado por: Redação da Secom, em: 10/06/19 às 13:59

Foto: Alice Mafra/ Prefeitura de Olinda

Uma importante via que liga bairros como Jardim Atlântico e Jardim Fragoso, em Olinda, à PE-15, passará por uma grande requalificação. A Av. Pedro Álvares Cabral tem trechos intransitáveis, que fizeram duas linhas de ônibus deixarem de circular por ela há anos. Nesta segunda-feira (10.06), o prefeito Professor Lupércio assinou a Ordem de Serviço (OS) para a restauração de 1km da avenida que tem 1,4 km. As obras também já foram iniciadas com a realização da topografia e, em seguida, os trabalhos de drenagem.

A revitalização será realizada no trecho que compreende a ligação com a Av. Fagundes Varela e o Canal do Fragoso. Serão feitos serviços de drenagem, pavimentação, acessibilidade, iluminação e nova sinalização de trânsito. A previsão é de que a obra seja concluída em dez meses. O trabalho será executado pela empresa Ecam Terraplenagem e Pavimentação, que venceu o processo licitatório com uma proposta de R$ 200 mil menor do que a segunda colocada. Com isso, a intervenção custará R$ 1.381.000,00 aos cofres municipais – recursos são próprios.

A Avenida Pedro Álvares Cabral tinha um fluxo de 2.542 veículos por dia, mas como a via está destruída, há anos, muitos automóveis deixaram de circular. Entre eles, os coletivos que faziam as linhas de Amparo e TI Rio Doce/PE-15. A população local acabou ficando desassistida, mas assim que as obras forem concluídas, a previsão do Grande Recife Consórcio de Transportes é de que os ônibus voltem a trafegar na via.

A gestão do Prefeito Lupércio tem realizado obras de infraestrutura que têm resolvido problemas históricos como na II Perimetral, em Aguazinha, a Av. Transamazônica, em Jardim Brasil II, e a Estrada do Passarinho, em Passarinho. Ao todo, cerca de 40 ruas já foram calçadas nesta administração municipal.

“É uma via importante para a cidade, para os olindenses. Encurta caminhos e acabou perdendo duas linhas de ônibus por causa da dificuldade do tráfego de veículos. Então é primordial que façamos um excelente trabalho para evitar o que vinha acontecendo de recapear e perder o serviço por causa de alagamentos. Esse serviço vai ser definitivo, não há mais como fazer paliativos, ainda mais com um investimento deste tamanho”, reforçou o Professor Lupércio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: