Notícias

Primeira Formação Pedagógica do ProJovem Adolescente de Olinda

Cerca de 60 adolescentes participaram da formação que aconteceu dia 15 de abril

Publicado por: Secom, em: 02/05/11 às 13:27
Estão programados mais dois encontros para o segundo semestre de 2011 que irão discutir novas temáticas. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

Estão programados mais dois encontros para o segundo semestre de 2011 que irão discutir novas temáticas. Foto: Ádria de Souza/Pref.Olinda

O ProJovem Adolescente de Olinda realizou sua Primeira Formação Pedagógica no último dia 15 de abril e reuniu cerca de 60 jovens, entre 15 e 17 anos. A atividade aconteceu na Secretaria de Transportes, Controle Urbano e Ambiental de Olinda, nos períodos da manhã e tarde.

O objetivo da Formação foi promover a troca de experiências entre os coletivos, que estavam ali representados por um jovem eleito dentre os 60 coletivos existentes. Para isso, a equipe pedagógica da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda, responsável pelo Programa, realizou dinâmicas e forneceu informações sobre o funcionamento do Programa, suas temáticas e atividades. Já estão programados mais dois encontros para o segundo semestre de 2011.

A assistente pedagógica do ProJovem Adolescente, Mariana Lacerda, explica que a formação segue o traçado metodológico indicado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), no que diz respeito aos trabalhos a serem desenvolvidos com os adolescentes em situação de vulnerabilidade social, como é o caso dos que participam do ProJovem. Neste traçado existem várias temáticas, entre elas “Juventude e Saúde”, escolhida para ser explorada durante a Formação.

“Cada temática dura aproximadamente dois meses, por isso a necessidade de realizar novas formações em breve. Ainda vamos trabalhar este ano as temáticas Juventude e Cultura, Juventude e Meio Ambiente, Juventude, Esporte e Lazer”, explica Mariana. Para fazer parte das atividades oferecidas pelo ProJovem é preciso ter entre 15 e 17 anos, ter residência fixa, ser estudante de escola pública e beneficiário do programa Bolsa Família.

%d blogueiros gostam disto: