Notícias

Professores desfilam enfatizando a preservação do meio ambiente

Bloco aboliu o uso de descartáveis na festa

Publicado por: Sandy James, em: 21/02/20 às 13:28

Texto e imagens: Pattricia Viviane

A Secretaria de Educação, Esportes e Juventude (SEEJ) de Olinda colocou, nesta quinta-feira (20.02), nas ruas do Sítio Histórico, a troça carnavalesca É só Querer. Mais de mil professores da rede de ensino participaram do evento. Os foliões foram recebidos pela orquestra de frevo do maestro Rubinho e pela banda de samba Leide do Banjo.

 

Cada folião doou dois quilos de alimentos não perecíveis e recebeu uma camisa para cair no passo. O bloco teve uma pegada com foco na preservação do meio ambiente e sustentabilidade. Os participantes abriram mão do uso de copos plásticos descartáveis (receberam canecas) e outros itens que comprometem a natureza.

 

A SEEJ fez parceria uma com a empresa Coopmetral, cooperativa de catadores de Olinda,  o que garantiu que todos os resíduos gerados durante a festa fossem coletados para reciclagem. Ao longo do desfile a troça É Só Querer” fez uso de uma bike coletora adaptada, a ciclolix, que recolheu mais de 100 quilos de material reciclável.

 

“É muito bom passar pelas ladeiras limpas e entregar para o próximo folião limpas também. A logística funcionou e deixou a festa ainda mais bonita e ecologicamente correta”, destacou a professora Rosa Rodrigues.

 

De acordo com o diretor do bloco, Alexandre Souza, o objetivo das inovações, que não se limitaram apenas as apresentações, foi sensibilizar a população para o respeito ao meio ambiente.

 

O secretário da SEEJ, Paulo Roberto Souza Silva, afirmou que o trabalho voluntário da comissão organizadora foi fundamental para o sucesso da festa. “As reuniões internas realizadas antes do Carnaval serviram para aprimorar o evento”, afirmou.

 

O grupo, que sempre saia do pátio do Mosteiro de São Bento, mudou de endereço. O Centro Cultural Luiz Freire serviu como local de concentração.

 

Prestigiaram a programação, o abade do Mosteiro de São Bento, Dom Luiz, o presidente em Olinda do Instituto Zero Brasil, Jean Diniz, além de parlamentares.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: