Notícias

Programa Base e Rendimento é expandido e conta com o ex-goleiro Albérico

Dois núcleos estão funcionando em Rio Doce, além de outro, no bairro de Ouro Preto

Publicado por: Redação Secom, em: 24/09/21 às 11:35

O programa Base e Rendimento, desenvolvido pela Secretaria Executiva de Esportes de Olinda ganhou mais um núcleo para promover a cidadania de crianças e adolescentes do município e identificar novos talentos para o esporte, mais especificamente o futebol. Em Ouro Preto, os treinos já estão em pleno vapor e são ministrados terças e quintas, das 8h às 11h e das 14h às 17h, no campo do Atlético. A faixa etária vai dos 10 aos 19 anos.

O bairro de Rio Doce também tem dois núcleos do projeto. Na Vila Olímpica, alunos do sub-13 ao sub-17 têm treinos todas as tardes. No minicampo do estádio Grito da República, os trabalhos acontecem terças e quintas, das 16h às 17h30.

Ainda há um trabalho específico para os futuros goleiros. Quem opta pela posição é encaminhado para treinar com o ex-goleiro Albérico (Sport, Náutico e Fortaleza, entre outros). Esses treinos são ministrados nas quartas e sextas. Porém, primeiro é preciso fazer a inscrição e iniciar os trabalhos em um dos núcleos.

“Essa é a hora de realizar o sonho. Eu joguei futebol durante 20 anos e tive a oportunidade de seguir a carreira, realizei meu sonho de ser um jogador de futebol . Contamos com vocês nos próximos treinos”, disse Albérico aos futuros goleiros.

As vagas estão abertas para crianças dos sete aos 19 anos. A inscrição é feita na Vila Olímpica, de segunda a sexta, das 9h às 12 e das 14h às 17h. É preciso apresentar documento de identificação e, caso seja menor de idade, estar acompanhado pelo responsável legal. O programa é gratuito e os alunos farão trabalhos técnicos, táticos e físicos com profissionais da Rede Municipal de Ensino. Os fundamentos de jogo são aprimorados com as orientações de ex-atletas profissionais ligados à Secretaria Executiva de Esportes.

“Nosso primeiro objetivo é formar o cidadão e tirar as crianças da rua, principalmente nos horários de contra turno das escolas. Mas também disponibilizamos todo treinamento porque muitos são selecionados para testes em algum clube e, mesmo tendo talento, às vezes deixam a desejar no aspecto físico e tático. Esses ex-jogadores ligados à secretaria vão trabalhar no aprimoramento desses fundamentos”, diz o secretário executivo de Esportes de Olinda, Sérgio Santos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: