Notícias

Programa ProJovem Trabalhador de Olinda já inseriu 800 alunos no mercado de trabalho

O objetivo do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) é capacitar jovens, entre 18 e 29 anos, em diversas áreas

Publicado por: Secom, em: 26/10/11 às 17:40
Formatura do programa ProJovem Trabalhador em 2010. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Formatura do programa ProJovem Trabalhador em 2010. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

A Prefeitura de Olinda trabalha para renovar os convênios firmados com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com o objetivo de dar continuidade ao Programa Nacional de Inclusão de Jovens, conhecido por ProJovem Trabalhador. Ao todo, 12 cursos profissionalizantes devem preparar, para o mercado de trabalho, jovens de toda a cidade.

“Com o sucesso do primeiro ProJovem Trabalhador, realizado em Olinda até maio do ano passado, o Ministério do Trabalho sinalizou com um novo convênio”, afirmou Luiz Neto, coordenador de juventude, da secretaria de Esportes, Lazer e Juventude de Olinda.

O programa ProJovem Trabalhador está em execução em Olinda desde 2009. Desde o início do projeto, a Prefeitura formou cerca de 2.700 alunos, nos cursos de administração, construção e reparo I e II, turismo e hospitalidade, alimentação, esporte e lazer, vestuário, arte e cultura I e II, telemática, serviços pessoais e gráfica.

Todos os estudantes receberam um kit com material escolar e assistiram a cinco horas diárias de aula, acompanhados por 120 instrutores, com qualificação em magistério ou pedagogia. Segundo Luiz Neto, a cidade se destacou nos últimos dois anos, por ter inscrito o maior número de jovens no programa em todo o estado.

A parceria com o Governo Federal se encaixa em uma das categorias do programa, a Juventude Cidadã, que além de oferecer aulas teóricas e práticas, destina uma bolsa auxílio, no valor de R$ 100, para ajuda durante os estudos.

“Com o crescimento de Pernambuco e o aumento de ofertas de emprego, é preciso qualificar nossos jovens e prepará-los para o mercado de trabalho. Olinda não fica de fora desse cenário tão significativo. Por isso a importância do ProJovem Trabalhador aqui em nossa cidade”, avalia.

O projeto inseriu no mercado mais de 800 alunos e cumpriu a meta estabelecida pelo ministério, de ter, no mínimo, 30 por cento dos jovens qualificados trabalhando.  O Programa Nacional de Inclusão de Jovens formou 120 turmas, distribuídas em oito pólos e 52 núcleos, espalhadas por toda a cidade. Ao todo, 18 bairros de Olinda receberam as atividades destinadas a beneficiar membros de famílias com renda per capta de até meio salário mínimo e alunos com o ensino fundamental II completo ou estudantes do ensino médio.

%d blogueiros gostam disto: