Programas e Ações

SAMU Olinda

Em Olinda, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atende uma média de 600 casos por mês. Quando um acidente de trânsito ocorre na rua, as pessoas devem acionar o atendimento através do número 192. A chamada vai para a Central de Regulação do Recife, onde é feita uma triagem, com avaliação do estado e a gravidade do paciente. Feito isso, as informações são passadas para a Unidade Olinda.

“Dependendo de como esteja o trânsito, uma motolância é enviada na frente, para que os primeiros socorros sejam feitos no paciente. Caso ele esteja lúcido, será feita a imobilização, se houver fratura. Depois será colocado na prancha e logo em seguida na ambulância e enviado ao hospital mais adequado. Se houver gravidade nos ferimentos, com parada cardíaca, por exemplo, serão feitas manobras de ressuscitação com compressões torácicas. São trinta compressões, para duas ventilações”, o coordenador do SAMU em Olinda, o médico Elenilson Pereira.

Como proceder

“Para toda vítima de acidente, levamos em conta a possibilidade de que ela tenha tido uma lesão de coluna. Se de fato ela tiver sofrido e alguém mexer, pode agravar a situação, a deixando paraplégica ou tetraplégica. Então nunca mexa na vítima. Mas você pode sim, fazer algo. O procedimento correto é o de isolar o local e orientá-la para que ela não se mexa, mantendo a calma até a chegada do socorro”, orienta Elenilson Pereira.

No município, o tempo para que o SAMU chegue ao local do acidente, fica em torno de 10 minutos.