Notícias

Projeto combate doenças negligenciadas

A intenção é alertar crianças e jovens, de 5 a 14 anos, para enfermidades como hanseníase, filariose, esquistossomose e lombricoide

Publicado por: adminolinda, em: 24/10/13 às 18:14
A Secretaria de Saúde de Olinda foi condecorada durante evento no Imip. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

A Secretaria de Saúde de Olinda foi condecorada durante evento no Imip. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Na última segunda-feira (21), a Secretaria de Saúde de Olinda participou do seminário de avaliação do Projeto Demonstrativo de Doenças Negligenciadas. O evento, ocorrido no IMIP, condecorou os municípios de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes pelo combate a doenças como hanseníase, filariose, esquistossomose e lombricoide. A iniciativa foi idealizada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Escolas da rede municipal de Olinda fizeram parte do grupo de 42 unidades de ensino da Região Metropolitana do Recife que participou do Projeto Demonstrativo de Doenças Negligenciadas. De forma lúdica e educativa, mais de 16 mil estudantes tiveram acesso a iniciativas como a Ficha de Auto-imagem, para identificação da hanseníase, por exemplo.

O trabalho foi direcionado a crianças e jovens, de 5 a 14 anos, por serem potenciais multiplicadores das formas de prevenção às doenças negligenciadas. Dessa forma, 72 mil famílias em toda RMR foram alcançadas pelo Projeto. “Esse trabalho foi desenvolvido, em Olinda, juntamente ao programa ‘Saúde na Escola’ e somente graças a parceria com a Secretaria de Educação é que alcançamos resultados tão expressivos”, disse a secretária de Saúde, Tereza Miranda.

O Projeto Demonstrativo de Doenças Negligenciadas também promoveu um concurso de música para incentivar os estudantes a participarem da iniciativa. A ideia era compor e cantar uma música que fizesse menção às doenças e suas formas de tratamento. O frevo “Frevando com Saúde”, composto e cantando em parceria com as crianças do Coral Lindas Vozes, da Escola Municipal Maria da Glóra Advícula, do bairro do Guadalupe, foi o vencedor.

Doenças Negligenciadas
O Projeto Demonstrativo de Doenças Negligenciadas começou no ano de 2009 por proposta da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) com e financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos foram administrados pelo Instituto de Medicina Integrada Professor Fernando Figueira (IMIP), que escolheu os municípios de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes para participar da iniciativa.

%d blogueiros gostam disto: