Notícias

Projeto de Olinda é premiado pela Caixa Econômica

A cidade foi contemplada pelo projeto de revitalização do Canal da Malária e de habitação das antigas favelas V-8 e V-9

Publicado por: Secom, em: 10/12/09 às 16:26
Canal da Malária

Canal da Malária - Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Olinda acaba de receber da Caixa Econômica Federal o Prêmio Melhores Práticas de Gestão Local 2009/2010. O prefeito Renildo Calheiros, a secretária de Obras e Serviços Públicos, Hilda Gomes e o secretário executivo de Urbanização Integrada, Enisson Hipólito, participaram na última quarta-feira (10) da solenidade de entrega do prêmio, que aconteceu na sede da Caixa, em Brasília. Olinda foi contemplada pelo projeto Canal da Vida, nome fantasia do projeto de revitalização do Canal da Malária e de habitação das antigas favelas V-8 e V-9.

Junto com o reconhecimento do trabalho, a cidade ganhou um troféu, um certificado e uma premiação simbólica de R$ 25 mil para serem utilizados no aprimoramento da apresentação do projeto para a disputa do prêmio da Organização das Nações Unidas (ONU), em Dubai, no começo de 2010. Além disso, Olinda ganha também o direito de enviar equipe para representar a cidade na disputa internacional.

O prêmio Caixa Melhores Práticas tem 10 anos de existência e tem o objetivo de identificar, premiar e divulgar as melhores ações inclusivas e sustentáveis de  gestão local desenvolvidas em parceria com a Caixa. Com isso, a iniciativa pretende estimular a reaplicação das práticas fazer com que elas virem referência para os demais gestores públicos.

PROJETO – O Projeto Canal da Vida inclui a revitalização do Canal da Malária e de habitação das antigas favelas V-8 e V-9, com a realização de serviços de micro-drenagem, a dragagem da Lagoa da Retenção, no bairro de Jardim Brasil, e o revestimento do canal até o Varadouro.

A iniciativa também prevê a construção de 580 unidades habitacionais para os moradores das antigas favelas V-8 e V-9. Até agora, 128 residências já foram entregues e 103 estão sendo construídas.

O projeto também contempla a área com serviços de pavimentação, drenagem, rede de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Até agora, foram beneficiadas as ruas da Boa Hora, Carmem Leal, Lauro Alcoforado e Pedro Sousa Mota. Foram criadas, ainda, mais seis vias na comunidade, as ruas 12, 13, 14, 15, 15-A e 18. Além disso, foi realizado o revestimento de 1.200 metros do Canal da Malária.

O Canal da Vida inclui a construção de estação elevatória e 10 novas ruas. O projeto conta, também, com a criação de uma área de lazer e de preservação ambiental com 7,5 hectares de mangue. O parque terá duas quadras, um campo de futebol, uma pista de cooper, ciclovia, calçadão para pedestres e uma arena para apresentações culturais.

Toda a ação é acompanhada pela coordenação da Secretaria Executiva de Urbanização Integrada que trabalha com o conceito de desenvolvimento local integrado. Além disso, a Prefeitura Municipal de Olinda realiza atividades de cidadania e educação ambiental com os moradores das áreas.

%d blogueiros gostam disto: