Notícias

Projeto Vida Nova tem ordem de serviço assinada em Aguazinha

Projeto tem investimento de R$ 70 milhões e marca o resgate social da população do antigo lixão

Publicado por: Wladimir Paulino, em: 21/05/21 às 10:08

O resgate de 30 anos do antigo Lixão de Aguazinha foi formalizado no início da noite de quinta-feira (20.05) com a assinatura da ordem de serviço para os trabalhos do Projeto Vida Nova, na Rua Tenente Coronel Joaquim Salvador, em Aguazinha. Os bairros de Sapucaia e Aguazinha serão beneficiados com um amplo conjunto de serviços que começam imediatamente, graças ao trabalho da Prefeitura em resgatar um convênio de R$ 70 milhões para obras de infraestrutura, que vai transformar a área do antigo lixão de Aguazinha num canteiro de obras. O documento foi assinado pelo prefeito, Professor Lupércio; a secretária de Obras de Olinda, Pollyana Monteiro; e contou com a presença do vice-prefeito, Márcio Botelho, e do deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade).

O projeto vai beneficiar 5.451 famílias de forma direta.

“Aquele cenário do lixão ficou no passado. O futuro daquele lugar será de trabalho, qualidade de vida e dignidade. É um novo tempo que estamos iniciando hoje. E fico muito feliz de fazer parte disso com todos vocês. É um projeto de grande envergadura, que não encontra semelhança com outro no estado de Pernambuco neste momento e vai mudar a vida das pessoas. É um resgate para a população que viveu durante muito tempo no antigo Lixão de Aguazinha e agora ganhará a qualidade de vida que sempre mereceu”, ressaltou o prefeito de Olinda, Professor Lupércio.

O Lixão de Aguazinha foi instalado nos anos 1980 e os impactos ambientais e sociais foram sentidos até 2017, quando a atual gestão reativou a retirada de resíduos sólidos e pagou as multas ambientais aplicadas anteriormente ao município. A primeira etapa da obra começa numa área de 72 hectares, terreno equivalente a 80 campos de futebol. Nesse perímetro, serão instaladas as redes de abastecimento de água (15.000 metros) e esgotamento sanitário (18.000), numa intervenção que impacta diretamente no ganho de saúde para a população.

Outras 72 vias serão requalificadas nos dois bairros, totalizando 17.000 metros, além de calçadas com acessibilidade e arborização.

%d blogueiros gostam disto: