Notícias

Saúde de Olinda promove debate sobre exploração sexual

Debate sobre exploração sexual contou com a participação de representantes dos Direitos Humanos

Publicado por: adminolinda, em: 16/05/12 às 15:30
CONVIDADOS debateram com o público presente - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

Convidados debateram com o público presente - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

O Núcleo de Prevenção de Acidentes e Violência (NUPAV), da Secretaria de Saúde de Olinda, promoveu na manhã desta terça-feira (15) um vídeo debate. O tema proposto foi exploração sexual comercial, ilustrado pela exibição do filme “Anjos do Sol”, de Rudi Legemann, que aborda o tema exploração sexual contra crianças e adolescentes. O evento aconteceu no auditório da Faculdade Olindense de Ciências Contábeis e Administrativa (FOCCA), Rua do Bonfim, 37, Carmo, Olinda.

A atividade fez parte da programação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), data marcada por mobilização nacional e reportando-se ao crime ocorrido há 28 anos no Espírito Santo, quando a menina Araceli Cabrera Sanches, oito anos, foi molestada e assassinada.

Após a exibição do filme, uma mesa foi formada com a participação da secretária executiva de Saúde do município, Cristina Menezes; do vereador de Olinda, Marcelo Santa Cruz, também presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Cidade; o juiz da 2ª Vara dos Crimes contra Criança e Adolescente do Recife, Luiz Rocha; da professora da UFPE, Fátima Lucena; a coordenadora da Rede de Combate à Exploração Sexual, Eleonora Pereira, bem como o representante da FOCCA, Ricardo Borges.

Também estiveram presentes participando do debate, servidores da rede de Olinda, alunos do curso de direito da FOCCA e representantes de segmentos da sociedade. No final, um debate foi aberto para discussão envolvendo participantes da mesa e público presente.

TEMA – Este ano o evento discutiu exploração sexual comercial de crianças e adolescentes, fenômeno que ainda não apresenta dados concretos de sua magnitude. Só no Brasil foram registrados, em média, cinco casos por dia entre 2003-2008, isso de acordo com levantamentos feitos através de dados do Disque 100, serviço referência do Governo Federal (UNICEF – Brasil).

Vale ressaltar que o Brasil sediará dois eventos esportivos de âmbito internacional, ocasião em que os esforços devem ser redobrados na prevenção desta violência, sendo oportuno o debate desta temática.

PÚBLICO participou ativamente do debate - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

Público participou ativamente do debate - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

%d blogueiros gostam disto: