Notícias

Saúde de Olinda prossegue com programa itinerante de colocação de DIU

Serviço é gratuito com demanda espontânea

Publicado por: Redação da Secom, em: 19/03/19 às 12:37

Texto e fotos: Pedro Morais

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O programa itinerante de colocação do Dispositivo Intrauterino (DIU) realizou uma ação nesta segunda-feira (18.03). O atendimento beneficiou prioritariamente as mulheres que são atendidas na Academia de Saúde do Alto da Conquista que desejam prevenir a gravidez. Uma unidade móvel da Secretaria Municipal de Saúde foi utilizada no trabalho.

A iniciativa é executada pela Coordenação de Saúde da Mulher. A atividade conta com apoio das diretorias de Atenção Básica e Especializada e nesta edição teve parceria com a Coordenação de Políticas Estratégicas de Promoção à Saúde.

O programa está focado na prevenção dos casos de gravidez indesejada, que busca intensificar a colocação do método contraceptivo. Para isso, o serviço que antes era oferecido em duas policlínicas passou a ser disponibilizado em cinco unidades especializadas, além dos bairros.

O Planejamento Familiar em Olinda começou como referência na Policlínica da Mulher, no Varadouro. A coordenadora da Saúde da Mulher de Olinda, a ginecologista e obstetra, Cleonúsia Vasconcelos, destaca como acontece o programa. “Mesmo sem encaminhamento e de forma espontânea, a pessoa deve procurar a policlínica para fazer a inscrição, a fim de participar da palestra sobre os métodos contraceptivos, que sempre acontece na segunda quinta-feira de cada mês”, explicou, acrescentando que dependendo do método contraceptivo escolhido pela mulher terá acesso aos encaminhamentos e apoio médico.

DIU – É oferecido gratuitamente pelo SUS e tem 99,3% de eficácia. Pode ser trocado a cada 10 anos; não tem os efeitos colaterais que as medicações hormonais apresentam; não interfere na qualidade ou quantidade do leite materno e, após a remoção a fertilidade retorna rapidamente; não interfere na relação sexual e pode ser utilizado desde a adolescência até a menopausa.

%d blogueiros gostam disto: