Notícias

Saúde de Olinda realizou mais de 2 mil atendimentos durante o Carnaval

Os atendimentos de urgência e emergência foram descentralizado, bem como o SAMU-192

Publicado por: Redação da Secom, em: 08/03/19 às 17:04

Por: Pedro Morais

Mais de três milhões de foliões visitaram Olinda durante o Carnaval deste ano, que trouxe o tema A Fantasia é Você. Pensando nessa marcante presença de pessoas pelas ladeiras do Sítio Histórico da cidade, a Secretaria de Saúde do município preparou um esquema especial para garantir o atendimento aos foliões. Além da urgência e emergência no Hospital Tricentenário, outros serviços estiveram disponíveis, como o de Pronto-Atendimento Adulto e Infantil de Peixinhos e UPA da PE-15. Além disso, foram instalados dois postos de atendimentos, um na Policlínica João Barros Barreto, no Carmo, que funcionou 24 horas; e outro, de 12 horas, na Praça Laura Nigro.

No total, a Secretaria de Saúde realizou, nos quatro dias de Momo, 2.338 atendimentos médicos, distribuídos nas unidades de emergência e urgência. Já o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192), que teve as ambulâncias descentralizadas da Base Varadouro, porém reguladas pelo atendimento Metropolitano, registrou 138 ocorrências durante os dias de folia.

As equipes de inspeção da Vigilância Sanitária realizaram 1.378 inspeções. Os agentes, que também trabalharam durante todo carnaval, fiscalizaram, ajustaram e realizaram barreiras sanitárias, nos pontos de comércio informal (barracas e tabuleiros).

A programação destinada ao esquema especial também promoveu ações educativas com o reforço de equipes espalhadas nos diversos pontos da folia, conscientizando o folião sobre as doenças sexualmente transmissíveis. Um estande foi instalado na Praça do Carmo, ao lado dos Correios, onde foram realizados um total de 1.334 testes rápidos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Sífilis. Também foram distribuídos 784 mil unidades de preservativos (masculinos e femininos).

“Nossas equipes atuaram pelas ruas, visando especificamente o cuidado ao folião, cumprindo a orientação do nosso prefeito Lupércio, sobretudo, descentralizando os atendimentos de urgência e emergência, bem como do SAMU-192 e assistência à saúde de grande concentração do folião. Foi uma atuação envolvendo as equipes gestoras da Saúde e em conjunto com outras secretarias, fortalecendo o trabalho, fazendo um dos melhores carnavais de Olinda”, pontuou a secretária executiva de Vigilância em Saúde de Olinda, Zelma Pessôa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: