Notícias

Saúde de Olinda segue lei estadual e oferece teste do bracinho

Serviço está disponível em todas as unidades de saúde da cidade

Publicado por: Redação da Secom, em: 18/06/19 às 16:48

Por: Suzyanne Freitas

A lei nº 16.586, sancionada recentemente em Pernambuco, obriga médicos a fazerem o exame do teste do bracinho em crianças a partir dos três anos de idade. Em Olinda, porém, desde o início da gestão Professor Lupércio, 2017, já era oferecido este tipo de exame. Na cidade, todas as unidades básicas e policlínicas de saúde realizam o serviço, o que ajuda a economizar muitos recursos públicos de saúde, evitando que essa pressão alta continue, silenciosamente, destruindo a saúde do cidadão, o que no futuro poderá trazer prejuízos enormes.

Pensando na saúde e bem-estar, a Secretaria de Saúde de Olinda prevê que todas as crianças que apresentem sintomas de pressão alta devem ser encaminhadas para realizar o exame, que é o aferimento no tensiômetro pediátrico e assim detectar o grau da hipertensão arterial.

“É extremamente importante para garantir a saúde e o bem-estar de nossas crianças”, justificou a secretária executiva de Vigilância em Saúde de Olinda, Zelma Pessôa.

Teste

O teste do bracinho é um exame indolor, que detecta a hipertensão arterial em crianças por meio da aferição da pressão utilizando o chamado esfigmomanômetro, medidor da pressão arterial bastante conhecido que consiste em um sistema para compressão da artéria braquial. O procedimento deve ser realizado por médicos ou enfermeiros devidamente registrados em sua respectiva entidade de classe.

Serviço

Teste do bracinho

Unidades básicas e policlínicas de Olinda

Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

%d blogueiros gostam disto: