Notícias

Secretaria de Controle Urbano fiscaliza irregularidades nos bares de Olinda

Trabalho em conjunto com diversos órgãos já conseguiu fechar 26 bares que não possuíam alvará de funcionamento e atuavam como ponto de prostituição e assaltos

Publicado por: adminolinda, em: 18/10/11 às 7:50

Com o objetivo de combater a criminalidade e a ilegalidade nos bares de Olinda, a Secretaria de Controle Urbano em parceria com o 1º Batalhão da Polícia Militar, Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária e o departamento de trânsito municipal, montou um esquema de fiscalização que visa oferecer mais segurança à população.

A ação foi projetada para atender à demanda de reclamações por parte das pessoas que moram em locais onde existem bares. A grande maioria gira sempre em torno de problemas recorrentes. Poluição sonora, alto índice de assaltos, calçadas tomadas por mesas e cadeiras, e de acidentes de trânsito ligados ao consumo de álcool são alguns exemplos de queixas.

Desde o dia 08 desse mês, os inspetores já conseguiram fechar 26 bares irregulares que não possuíam alvará de funcionamento. Nos locais visitados foram apreendidos materiais espalhados em via pública e aparelhos de som. Todos eles foram levados para o depósito da Secretaria de Transportes, Controle Urbano e Ambiental.

Na última fiscalização, realizada no dia 15, o Conselho Tutelar verificou a presença de menores consumindo bebidas alcoólicas em um bar na Cidade Tabajara. Um ponto de prostituição também foi encontrado em um estabelecimento comercial. Em outro local, agentes de trânsito e policiais apreenderam três motos em situação irregular e autuaram os respectivos condutores, que se encontravam embriagados.

De acordo com o secretário executivo de Controle Urbano, Giovani Ribeiro, as vistorias serão freqüentes. “Queremos que a população seja informada sobre os problemas encontrados nesses locais. Nós continuaremos trabalhando para o bem de todos, combatendo todo tipo de irregularidade”, afirma Giovani.

Nesta terça-feira (18), às 10h, acontecerá uma reunião no 1º BPM, em Rio Doce, onde será discutido e elaborado o planejamento de atuação dos órgãos engajados, com o roteiro das próximas áreas e principais locais de ocorrências.

%d blogueiros gostam disto: